“ Na Pensão Luar do Cadoiço “ em Ferragudo

Associação Cultural e Desportiva de Ferragudo

Dia 1 de Dezembro pelas 17H00 a Associação Cultural e Desportiva de Ferragudo recebe

pela 4ª vez o Teatro Análise de Loulé que desta feita irá apresentar a sua última produção “ Na Pensão Luar do Cadoiço”.

Esta dinâmica Associação, para lá das muitas actividades que desenvolve ao longo do ano, não esquece nunca o Teatro, sendo certo que o Grupo TAL de Loulé está sempre dentro das suas preferências o que registamos com agrado.

Eis a sinopse da comédia de humor absurdo que será apresentada em Ferragudo:

“ Num velho convento algures, oito simpáticas freirinhas lutam contra os males da velhice somando-se a estes a deserção da mais antiga freira que ali vivia e que passados cem anos do seu ingresso naquela casa de recolhimento e devoção, chega à conclusão de que nunca teve vocação para a clausura conventual. Na hora da saída um médico amigo faz-lhe um exame rápido descobrindo nela algo que jamais vira ou lera nos milhares livros onde estudou. Os seus ouvidos e olhos possuem faculdades nunca vistas. Trata-se na realidade de um ser humano diferente de todos os outros.

Recolhida a uma pensão por dificuldades em enfrentar o exterior, Angélica depara-se com uma proprietária em crise existencial e alguns clientes problemáticos que lhe vão causar dissabores por não entenderem a sua diferença do comum dos mortais.

Em palco desfilarão velhas vozes desaparecidas há muito, como Edith Piaf, Amália, Marilyn Monroe, tudo graças aos poderes misteriosos de D. Angélica.

Não faltará quem a pretenda liquidar ou quem a ache um ser sobrenatural.

Será que o público obterá a resposta ou terá que ficar eternamente na dúvida sobre de quem se trata esta personagem nascida sabe Deus onde, e criada num convento desde o dia da implementação da República em Portugal.” ( António Clareza)

…………….

Fotos de Tátá Regala : Vista parcial da A.C.D. Ferragudo \ Cena da Peça “ Luar do Cadoiço”

7 comentários a ““ Na Pensão Luar do Cadoiço “ em Ferragudo

  1. Moro em Loulé há alguns anos mas sou dos arredores de Ferragudo essa bela vila piscatória. Posso-vos dizer que mais queria Loulé se tivesse uma Casa da Cultura como esta que podem ver na fotografia, apesar de ser uma pequenina parte. Aquela gente lutou e trabalhou para ter uma sede condigna. Conseguiram. Loulé uma das terras mais ricas do Algarve apresenta o que conhecemos.
    Não seria tempo de fazerem uma ronda por aí para aprenderem ?
    Hugo

  2. Para os ignorantes na matéria a Câmara está construindo uma velha casa no Pombal – Parque Municipal para albergar a Casa da Cultura. Quereriam algum palacete envidraçado ?

  3. Hugo: Na realidade a Associação Cultural e Desportiva de Ferragudo funciona em pleno até porque tem para lá de umas excelentes instalações, uma excelente equipa a governar aquela casa. Somos sempre benvindos ali e pena foi que o tempo estivesse de invernia. \\\\ Nestor: Fiquei a saber que a Câmara está a construir uma velha casa no Pombal…. que segundo você nos diz é para a Casa da Cultura. Obrigado pela informação. Há gente boa nesta terra.

  4. Obrigado Luisa. Há muito quem não reconheça, pelo menos algum valor, nesta gente que tanto se esforça em prol do teatro a troco apenas dos aplausos do público. Para muitos o trabalhar um dia inteiro no seu emprego e estarem depois à noite nos ensaios que são por vezes estafantes, não é fácil…. Uma boa noite. Palma

  5. Palma; também está com insónias? Penso,logo não adormeço,rsrs. Tenha cuidado com os amigos que o elogiam demasiado e lhe dão palmadinhas nas costas jurando a pés juntos que são seus amigos quando na realidade eles são é amigos dos seus interesses… desculpe este desabafo, ele vem na sequência da história do Abreu que ainda vai dar muito que falar… se não fosse o ter-me comprometido em levar o quadro ao “pescador” e ir falar com o comandante do quartel não punha aí os pés, tal anda o meu estado de espírito… neste País não se pode ser artista e honesto… os incompetentes, os trapaceiros e outros quejandos têm o futuro assegurado. No nosso próximo encontro não falaremos só de conquilhas. Inté. L.F.

  6. Luis: Eu nunca levo muito a sério as palmadinhas….. a gente sabe muito bem que algumas palmadinhas são açoites…rsss. Mas deixe pr’a lá, como diz o outro…\\ Já vi que tem muita coisa pra contar para lá das conquilhas. Saúde e alguma paciência e também as costas largas para as palmadinhas…rs. Abraço – Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *