104 ANOS DE CARNAVAL À LOULETANA

carnaval -OVO101010

Estão à porta mais uns festejos de carnaval e como de há cento e quatro anos a esta parte, Loulé apresenta mais uma vez, três dias de “ Batalhas de Flores” na sua sala de visitas, ou seja na Avenida José da Costa Mealha.

O tema deste ano reporta-se ao “ Mundo do Espectáculo “ não faltando alguma sátira à crise que assola o nosso mundo desde a China a Quarteira ou vice versa.

São quinze os carros que irão desfilar, sendo grande parte deles de autoria do nosso caro amigo e «Embaixador» da Louletania em terras de Lisboa ,o cenógrafo/pintor Luís Furtado.

” O Fado, o Samba, o Ilusionismo, o Teatro e outras vertentes do espectáculo, estarão retratados nestes carros onde a criatividade é uma imagem de marca.

As fotografias que hoje aqui deixamos retratam a Entrada da Avenida onde se realizam os Corsos e foi obtida esta tarde, enquanto a outra ( a preto e branco) mostra um pequeno carro carnavalesco que desfilou, salvo erro, em 1969.

Aguardemos pois pelo próximo fim de semana para apreciarmos mais uma vez estas festas centenárias iniciadas no ano de 1906.

12 comentários a “104 ANOS DE CARNAVAL À LOULETANA

  1. Acho que o nosso Carnaval evoluiu até há uns anos atrás e depois estagnou. Deixou de progredir. Talvez até seja dificil mas não é impossível.

  2. Duas imagens … uma eternidade as separam … pra quê mais palavras?! … deixei passar as amendoeiras … ando a deixar passar muita carruagem … 🙂 … imagino que Loulé já transpira carnaval por todos os lados … e o nosso amigo não tem descanso … nem pra umas conquilhas? Bom Domingo Palma e um abraço

  3. Liliana: Já são uns anitos que separam as duas fotos. Na realidade quando era moço sentia estes dias que se aproximavam do Entrudo. Hoje quase me passa ao lado e para dizer a verdade estou um pouco mais por dentro devido ao nosso amigo que trabalha para que as Festas continuem a ser famosas e nos vai informando.
    Quanto às conquilhas parece estarem escassas….. Abraço – Palma

  4. Prefiro o Carnaval de Torres Vedras. É o mais autêntico de Portugal. Ali toda a gente toma parte e desbunda como em nenhum outro lugar. Em Loulé é apenas um desfile igual a tantos outros numa qualquer altura do ano. alice

  5. Discordo
    da Alice … autêntico?! o que pode ser chamado de autêntico num carnaval?! … apenas a criação de alguns artistas pode ser chamada de autêntica … a folia?! nã … 🙂

  6. D. Lila e eu continuo a discordar de si. Ainda bem não é verdade ? Democracia é isto. Torres Vedras consegue o que Loulé e outras terras não conseguem. É colocar milhares de foliões vestidos, travestidos, disfarçados, aldrabados, engraçados e tudo sem ser necessário pedir por favor para o fazer. É único no país. Aqui não está em causa os artistas que fazem os carros de Loulé pois lá ainda são melhores no que diz respeito a bonecada. Sensacionais. Quanto à crítica lá também não é partidária como aqui. Lá comem todos pela medida grossa e isso é que carnaval democrático. Bom Carnaval.

  7. Buenas tardes Lila e Alice: Como já tenho dito o Carnaval para mim já não me diz grande coisa. E se o trago aqui é porque é uma festa da terra e nela está por exemplo envolvido um bom amigo e artista louletano. Embora muita gente o diga porque não se recorda já, que os carros do passado eram melhores do que estes. Salvo raras excepções eram todos mais pobres. Os materiais que existem hoje dão de longe mais possibilidades de fazer coisas mais belas e grandiosas. De qualquer modo pode-se dizer que o Carnaval poderia mudar alguma coisa se os organizadores do mesmo assim quisessem. Quanto ao Carnaval de Torres Vedras ao qual nunca assisti
    dizem realmente ser diferente e sobretudo vive dos expontâneos e da critica politica e social dando uns açoites em toda a gente porque no fundo todos pecam por alguma coisa.
    O nosso Carnaval tem um outro espírito talvez e nele se perderam
    já algumas coisas bonitas de outros tempos. Mas o tempo tudo vai mudando. Que os « donos» sem ofensa, destas coisas tenham boas ideias e abertura suficiente de « bolsa» rss porque para mudar se calhar os Euuurroosss também terão que aumentar. Sou eu que o digo, ignorante de muita coisa. ABraço – Palma

  8. Oh D. Alice … nem eu pretendo que você concorde comigo … seria aborrecido … Como o Palma, nunca fui muito de carnavais … (já basta os que me aparecem fora da época … 🙂 ) … e cada vez menos, assim a idade o dita … aglomerados não são a minha praça … mas desejo que tudo corra bem aí por Loulé … há muita gente a trabalhar pra isso. Um muito bom dia a todos.

  9. Lila: Uma boa tarde com sol e chuvinha miuda à mistura rss. Na realidade o tempo dos nossos carnavais já lá vai. Agora é dar uma espreitadela. Para a semana espero colocar aqui a foto de um daqueles grupos que a Lila se lembra certamente. A base nessa altura, eram os «papelinhos» e começaram nessa época a aparecer alguns guaches para pintar os rostos. Os famosos saquinhos com que se batalhava com as tripulações dos carros também desapareceram e esse era um dos momentos de divertimento maior. Depois começaram a aparecer sacos cheios de areia que provocavam por vezes feridas…… Abraço – Palma

  10. Carnaval é uma época que pode servir para descansar ao contrário de muitos que querem apenas se desgastar. Não é das festas que mais admire. De qualquer modo desejo que não chova nesses dias.

  11. Lila já estava a ficar desesperado rssss. Houve um qualquer problema na fonte mas pelo jeito está resolvido. Abraço . A manifestação cultural é amanhã 12H30 . rss. Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *