Quando o SOL enfraquecer

sol

Segundo alguns cientistas a vida será impossível daqui a 5.700 milhões de anos.
*** Quando o SOL começar a morrer , o que acontecerá daqui a uns 5.000 milhões de anos, a superfície do planeta ficará tão quente que a vida será impossível. Tal como David Bodanis escreve no livro “ E=mc2”, os oceanos vão ferver até evaporarem, as rochas derreter-se-ão e o SOL agigantar-se-á muito antes de morrer de vez. Nessa altura , os seres humanos, se ainda existirem, ou outras espécies que entretanto se tenham tornado tão inteligentes como nós , já terão encontrado outro lar algures no espaço. Mas a revista “ Astronomy” sugere um futuro um pouco menos catastrófico para a Terra. Diz que o planeta sobreviverá, ainda que fique reduzido a carvão, se se tiver em conta o facto : a crescente perda de massa do Sol quando este for
um gigante vermelho e o consequente enfraquecimento da sua força de gravidade.
*** Não calculam os cientistas da “ Astronomy & Geophysics”
o descanso em que nos deixam por saber que afinal a terra sobreviverá ainda que fique reduzida a carvão. É que só faltam cinco mil e setecentos milhões de anos.
Fonte: Público – Foto: NET –

A BARBIE ENVELHECEU

barbie creative_images_24

««« Fala-vos a Barbinha. É bem possível que tenham estranhado o meu envelhecimento. Mas eu sou como tudo, na vida. Envelheci …..tenho agora 54 anos mas podia estar melhor não fossem alguns exageros na minha vida.
«««« Estive a experimentar o botox – rapid, o restaurador Olex e demais produtos de efeito rápido , mas nada me tornou jovem como dantes. Julgo que o meu reinado chegou ao fim. Tal como este ano já deve pesar sobre vós, também eu, sinto esse efeito. Fui boneca feita para alegrar meninas ricas e pobres. Mais ricas do que pobres, já que estas preferem a minha prima Nely , a tal espanhola, muito mais barata , e que de certo modo já é quase um clone desta vossa amiga.
«««« No entanto não desanimem. Os meus criadores já estão a contratar muita gente, adultos e até meninos e meninas para construírem muitos milhões de novas “Barbinhas” como eu .
«««« Lá para os lados da Tailândia toda a gente trabalha, até porque apesar da fartura de arroz, nem todos o têm e há que trabalhar porque a brincadeira é coisa para os meninos europeus e americanos, sobretudo.
«««« Agora despeço-me pois vocês bem sabem como nestas sociedades avançadas, os velhos são colocados em lugares de reciclagem rápida e eu não fujo à regra. Chau.

*** Fotos: Net –

ELES NÃO VÃO DE FÉRIAS !

russos_caes_abandonados_protesto abandono2 images

Apesar da diminuição (aparente ? ) de animais domésticos nas ruas nesta altura do ano, os meios de comunicação social trazem sempre às suas páginas um grande número de casos de abandono, em especial de cães e gatos cujos donos partem de férias e por motivos vários não os podem levar consigo.
Anualmente ainda são abandonados no nosso país cerca de cinco mil animais que são recolhidos normalmente por instituições protectoras dos mesmos.
Como exemplo positivo para este problema, podemos referir aqui o caso da Câmara de Lisboa que organizou um programa de intercâmbio de animais domésticos (Desconhecemos se ainda esta em vigor) . É criada uma bolsa de voluntários donos de animais, de forma, a entre si, puder cuidar dos mesmos. Os detentores que aderem a esta iniciativa tomarão conta do animal de estimação de outra pessoa enquanto ela se encontrar de férias e, quando o inverso ocorrer, terão a garantia do seu animal ficar acolhido enquanto durar a sua ausência fora da cidade.
É bom pois, que as pessoas levem em consideração que quando compram ou lhes é oferecido um animal de estimação, o mesmo nunca poderá ser olhado como um simples brinquedo que logo que deixe de despertar interesse seja jogado para a rua.
»»»Fotos: – Fonte Olhares -. on live and Net –

 

EMANUELLE…há 39 anos muita gente se escandalizou

Sylvia-Kristel2

Kristel em imagem do filme Emmanuelle

114954011_kristel_347032c

Kristel algum tempo antes do seu fim.

Há precisamente 39 anos que estreava em Paris um filme que ultrapassava as barreiras do que era aceitável em filmes na época, com cenas envolvendo estupro, masturbação e casos extra-conjugais consentidos pelo casal de namorados no filme.
Sylvia Kristel a holandesa que interpretava “Emmanuelle” e heroína daquela «pouca-vergonha», tornou-se rápidamente famosa no mundo inteiro. A liberdade já tinha chegado a Portugal quando o filme aqui foi estreado e por isso mesmo, as longas filas para adquirir bilhete foram uma constante nas cidades e vilas onde o filme foi exibido.
No Brasil a estreia só aconteceu cinco anos depois e mesmo assim com alguns cortes.
Trinta e nove anos volvidos, que importância teria hoje este filme nas mesmas sociedades onde foi exibido ?
“O erotismo é a vontade de negar a morte, a afirmação da vida. O erotismo pertence ao sagrado.”
―Maurice Béjart .

Sylvia Kristel faleceu em 2012 depois de uma luta inglória contra um cancro no esófago.

Foto: S. Kristel em “Emmanuelle”