Na Pensão ” Luar do Cadoiço…..”

O Teatro Análise de Loulé, após ter participado no Festival “Cenários” organizado pela CML, volta amanhã dia 9 de Abril pelas 21H30, a apresentar na Casa da Cultura a sua nova produção que tem por título “ Na Pensão Luar do Cadoiço”. Na linha habitual da comédia do absurdo, a peça já alcançou assinalável sucesso nos três primeiros espectáculos pelo concelho.

Assim, aguardamos pela sua presença já que sem público não há teatro e os actores amadores mais do que ninguém, precisam de sentir o carinho e os apalusos do público pois todo o seu trabalho e sacrifício deve-se apenas ao grande amor pela ARTE DE TALMA.

Fotos de: João Tatá Regala

Na Pensão Luar do Cadoiço …”

Texto: António Clareza

Encenação: Colectiva

Anotadora de Cena: Mariana Coromoto

Cenografia e Figurinos: Ana Sousa

Gabriela Soares

Edição de Som: Carla Reis

Paulo Sérgio

Sonoplastia: José Pina

Luminotécnia: Ana Rita

Élio Pelica

Hélder Rosário

Cartaz: Gabriela Soares

Costureira: Albertina Jerónimo

Ermelinda Laranjo

Maria Ivone Estrelo

Maria Ivone Nogueira

Elenco: Ana Sousa

Andreia Brito

António Clareza

Duarte Mendes

Fátima Guerreiro

Manuela Teiga

Mariana Nogueira

Marta La Piedade

Nathalie Florence

Neide Laranjo

Sérgio Sousa

Verónica Chapuça

Agradecimentos: Anabela La Piedad

Antonieta Canteiro

Carina Amélio

Maria João Catarino

Maria José Oliveira

Mónica Bota

Stephan Ogrin

E a todos os que tornaram possível a criação desta produção

16 comentários a “Na Pensão ” Luar do Cadoiço…..”

  1. Esta união quase familiar de jovens e menos jovens faz deste Grupo de Teatro qualquer coisa de muito diferente do que é habitual. Vamos então alugar um quartinho na Pensão do Cadoiço ?

  2. Já estive hospedada nesta pensão “tipo” familiar ao serviço é excelente. Recomendo vivamente a todos e de todas as idades.

    Parabéns

  3. Leonês: Pode crer que este grupo forma quase uma família. Daí talvez o seu sucesso. Já são 25 anos ao serviço do Teatro no nosso concelho.

  4. Carina: Ora aí está uma opinião de alguém que conhece a Pensão Luar do Cadoiço. Como tu dizes, o serviço é excelente e os quartos têm todos vista para a ribeira do Cadoiço que por acaso ainda leva muita água. Abraço e Até mais tarde. Palma

  5. Dá um enorme gozo e prazer constactar o prazer e entusiasmo que todos vós colocam na arte da representação. É com gente assim que podemos acreditar que o mundo pula e avança como bola colorida nas mãos de uma criança!

    Que viva todos aqueles que dão por cá vida ao teatro.

    Boa merda!
    João Martins

  6. Caro João Martins: Obrigado pela boa dose de M…… rsss. Na verdade esta coisa só é possível graças ao gosto e à alegria que cada um dos componentes do grupo colocam no seu trabalho. Abraço \Palma

  7. * Convido-os ao Teatro com uma frase de Sartre:

    * «O teatro é de tal maneira a coisa pública, uma coisa do público, que uma peça escapa ao seu autor desde que o público está na sala».

  8. Eunice disse sobre o que é ser actor In Quarta Parede:
    “Significa o mesmo que em qualquer parte do Mundo. A língua muda, mas as características são muito iguais. Acontece é que há países onde os actores talvez tenham de lutar menos”, afirma Eunice Muñoz, 80 anos, actriz desde os cinco. No seu entender, é errado pensar-se “que em Portugal é tudo muito mau e que lá fora é tudo muito bom”.

    A actriz fundamenta tal convicção com exemplos que lhe chegam de países como Inglaterra, onde “há jovens actores a fazer tournées em que, praticamente de 15 em 15 dias, têm de representar uma nova peça”. “Isso é trabalho precário, cheio de vícios”, acrescenta.

    Reconhecendo que “ser actor é difícil e mais difícil ainda num país como o nosso, em que a cultura é sempre o irmão pobre”, Eunice Muñoz consegue, ainda assim, encontrar aspectos positivos no panorama actual: “Ultimamente, tem aparecido um conjunto de actores que trazem muita esperança. E a luta só não é mais difícil na medida em que existe a televisão, que lhes dá a possibilidade de ir ganhando a vida”.

  9. Palma … tentei, mas não deu … quase que chamo enguiço … da outra vez foi o braço … hoje é o olho direito … fui às urgencias de manhã, e agora é tratar …
    Tenho a certeza que vai haver uma nova oportunidade … e quero muito assistir. Tenho a certeza que é um sucesso, tal qual a cançanita … só pode né?
    Parabéns a todos! Um abraço …

  10. Melia e George: Obrigado pelas vossas participações neste post sobre teatro neste caso feito por amadores louletanos. Obrigadinho e até qualquer dia.

  11. Liliana: Lembro-me perfeitamente do problema do braço da outra vez da Cançanita. Mas há sempre u7m dia para assistir. O que interessa é que os problemas de saúde não surjam. Neste caso rápidas melhoras e dia 28 se quiser e puder cá estaremos de novo se Deus quiser e vocemecês todos também rs. Abraço. Bom fim de semana e poucas dores.
    Palma

  12. Bom dia Palma; quem é vivo sempre aparece… devo ter trazido um vírus do deserto… depois do zumbido nos ouvidos, (que ainda persiste), o dito instalou-se no computador e lá tive que o enviar a Marrocos para a cura na sua proveniência,rsrs. Exame aos tímpanos só dia 14… parece-me que os mexilhões e as conquilhas andam poluídas,rsrs. Esperemos que se curem até dia 28 para puderem ir até ao cadoiço banharem-se em água corrente… vamos a ver se é desta que, (e para ser diferente), se petisca ao luar,rsrs. Inté. L.F.

  13. Luís Furtado: Seja benvindo que eu já estava a desconfiar da sua ausência. É que o deserto é enorme e se a gente se perde nele nao há camelo que nos ensine o caminho….rsssss..\\ As viroses não são só coisa própria das gripes . Também os computers sofrem às vezes desse mal irritante.\\ Sabe que eu há dez anos que tenho um zumbido no ouvido e que nunca mais desapareceu. Umas vezes está mais presente outras mais difuso. Depois dos exames e alguns tratamentos o resultado foi zero. Não lhe quero tirar a esperança porque a cada ouvido sua sentença. O seu zumbido pode não ter nada a ver com este. \\ Mas a gente aprende a conviver até com os zumbidos. Experimente na Net a palavra Zumbido e verá os milhões de indivíduos que se queixam do mesmo. Boa sorte.Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *