CUMPRIU-SE A TRADIÇÃO ! VIVA A MÃE SOBERANA !

António Simões Zorro homem que mais vezes transportou o andor da Mãe Soberana. Foram 39 anos.

Cumpriu-se mais uma vez a velha tradição louletana de transportar a imagem representativa da Mãe Soberana da Piedade, padroeira de todos os louletanos, até à sua casa no Monte da Piedade.

A subida íngreme do cerro, ao ritmo da música da Banda Filarmónica Artistas de Minerva, é acompanhada pela população a exibir-se em manifestações diversas mas verdadeiramente sentidas. Em tempos passados, estes homens que transportam o andor da “ Mãe Soberana” eram considerados seres com capacidades sobre-humanas. Mas esta tradição, que é transmitida de geração em geração, de pais para filhos, tem vindo a perder-se. No entanto, há uma consideração especial por parte de todos os louletanos relativamente a estes homens que carregam a santa ao longo desta subida íngreme num ritmo acelerado.

A escalada do caminho que dá acesso ao altar da Nossa Senhora da Piedade é um documento espantoso da fé cristã nesta terra. Ao esforço gigantesco dos homens que transportam a Virgem, alia-se a força espiritual dos muitos fieis que, em vivas à Nossa Senhora, em passo vivo e na cadência musicada dos homens da banda, vão “empurrando”, no calor da fé e calçada acima, o pesado andor da padroeira.

Este cenário imenso da religiosidade louletana, de características tão locais como únicas, só pode ser sentido na alma de cada crente, quando vivido. Uma vivência feita de fervor religioso e de testemunho cristão, cuja explicação reside unicamente na essência dogmática da própria fé.”

Fonte: Algarve Central

Imagem: Palma

2ª Foto: António Simões Zorro é o louletano que mais anos levou aos ombros o andor da Mãe Soberana da Piedade. Nada mais nada menos do que 39 anos. A foto foi obtida há cerca de uma hora quando António Zorro via passar à sua porta mais uma vez e com grande emoção, o andor que tantas vezes transportou com outros louletanos.

6 pensamentos em “CUMPRIU-SE A TRADIÇÃO ! VIVA A MÃE SOBERANA !

  1. É sempre magnifica esta festa.Quero salientar a marcha que a Banda de Loulé interpreta e que é qualquer coisa de extraordinário. Deve ser das mais belas festas de Portugal no género.

  2. António Zorro um homem que ajudou a levar a Mãe Soberana sobre os seus ombros durante muitos anos. Fotografia com a sua história.

  3. Infelizmente não posso ter respeito por um homem que usou a fé com algumas atitudes indignas desumanas injustas de um bom cristão solidario que se apresentou anos a fio como um dono e senhor de decisões e escolhas na base de compadrios e alguma politica.Portanto não vamos ser ignorantes e fazer dele um ícone ou herói da força e líder de um ritual de respeito e paixão em todo o mundo.A festa Mãe Soberana não se pode confundir com o indivíduo.Pertence até aos que foram por ele maltratados. No entanto, só lhe desejo que esteja bem de saúde e escute se conseguir, o coração ouvindo a razão. Respeito por ele apenas como ser humano.

  4. Tenho um primo que quis fazer parte do grupo dos homens do andor. Foi arredado sem grandes expolicações por parte do grupo que se encontra fechadi há anos sabe Deus porquê. Muitos sabemos mas então.

    Madeleine

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Pode usar estas etiquetas HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>