A Ribeira vai cheia……

DSCN4301

Finalmente choveu , diz-se por toda a parte. Ribeiras que eram apenas veredas ou incómodos caminhos desde há muitos anos, voltaram a ver passar por entre as suas pedras, água e mais água. É o caso da Ribeira que vos mostro na foto obtida esta tarde. Há muitos invernos que a Ribeira do Cadoiço como é conhecida aqui na Louletania, não tinha um caudal como o que apresenta este ano. Muitos são os mirones ou simples apaixonados pela Ribeira desde a sua mocidade, que ali vão espreitar, ficando deliciados por ver desfilar aos seus pés tão belo espectáculo.

As quadras que aqui ficam, são de autoria de um desses poetas repentistas que não perdem estes momentos deitando cá para fora a sua sensibilidade poética.

Palma

Tanta água leva a Ribeira

Como há muito eu não a via,

Canta o melro no silvado

E de encanto a cotovia !

Ribeira dos meus amores

E da mocidade perdida

Leva na água as saudades

Que eu sinto cá nesta vida .

Água que corres p’ró mar

Cantando pelos campos fora

Deixa-me em ti navegar

Pra ver raiar a Aurora !

(a) Poeta Louletano anónimo

21 comentários a “A Ribeira vai cheia……

  1. É um regalo ver correr tanta água. Tantas as queixas foram ao S. Pedro que ele resolveu abrir as comportas .
    Goncinha

  2. Palma, a ilha assim tem mais encanto… fiz bem em escolher esta altura do ano para férias,rsrs.

    Lembrei-me de:

    Quem prende a água que corre
    É por si próprio enganado:
    O ribeirinho não morre,
    Vai correr por outro lado.
    António Aleixo

    Vou pôr os pés a caminho para ver se ainda chego amanhã já que a gasolina está pela hora do abuso… segundo as notícias, está pelos valores de 2008 quando o petróleo chegou perto dos 150 Dls. o barril, neste momento está a 80, quase metade… não dá para entender, ou por outro, eu entendo, isto é assim; vende-se menos, aumenta-se a gasosa e tem-se os mesmos lucros… os ratos são assim,rsrs. Isto não é nada bom para a economia, já se fala em aumentos dos transportes, logo, aumenta tudo, e o de cima sobe e o debaixo desce,rsrs… levo isto a brincar mas não tem piada nenhuma.\\\ Com tão mau tempo que se faz sentir, haverá conquilhas? Melhor é encomendar com antecedência não vá a nossa amiga ter algum desgosto… o que nos vale é a reserva,rsrs. Se o Jr. não me arranjar o portátil, inté para o mês que vem… bom Carnaval. L.F.

  3. A
    Ribeira vai cheia
    E o barco não anda,
    Tenho o meu amor

    Lá na outra banda!

    Lá na outra banda
    E eu cá deste lado,
    Ribeira vai cheia
    E o barco parado!

    Se eu tivesse amores
    Que me têm dado,
    Tinha a casa cheia
    Até ao telhado!

    Amores, amores,
    Amores, só um;
    E o melhor de tudo
    É não ter nenhum!

    Cancioneiro Popular

    Luisa

  4. Luis: Essa quadra do Aleixo foi dita pelo mesmo, junto ao Mercado quando ele por ali passava na companhia do Dr. Joaquim Magalhães. Aleixo observando um trabalhador que tendo aberto um buraco na calçada tentava a todo o custo prender a água sem o conseguir pois ela para algum lado tinha que ir….., saíu-lhe repentinamente essa pequena obra de arte.\\ Com o Dubai falido iremos ter que andar a gaz ? rss. Já era tempo. Algum dia ela acaba…..\\
    Quanto à sua estadia cá estamos aguardando. Abraço – Palma

  5. Luísa Moreira: Boa lembrança. Há quanto tempo não escutava essa poesia que também é modinha alentejana (parece-me não ?. Uma boa tarde de terça feira. Por aqui já há sol. Abraço – Palma)

  6. Li há pouco no Calçadão que o Carnabal de Loulé vai ter critica politica. Referiam-se à Moura Guedes e ao Sócrates. Se a critica politica é essa bem podemos ficar sentados em casa. Espero que esteja enganado.
    “Por dois euros por cabeça, poder-se-ão apreciar: fado, ilusionismo, ballet, samba e flamenco – os subtemas criados “para que o Carnaval seja ‘um espectáculo dentro do próprio espectáculo” – diz um comunicado autárquico. Comunicado que adianta que a jornalista Moura Guedes e o primeiro-ministro “serão os protagonistas de um carro em que o responsável governamental estará munido do lápis azul da censura”.

    O que a autarquia não informa é se haverá um carro com o Ikea nem quem levará estará nesse carro a embolsar os cheques assinados por alguém munido de uma «parker» dourada…” Calçadão

  7. Bonita foto. Tenho que passar por lá…para “matar” saudades da juventude: as travessias do túnel, os banhos nos pequenos lagos que se formavam, as subidas e descidas das “cascatas” e…até a apanha de enguias!!!

  8. Marafado’s webblog é um blog que falou há tempo desta Ribeira do Cadoiço. Aqui fica o texto para melhor embelezar o presente post.
    “A ribeira do Cadoiço nasce no Paixanito, a norte de Loulé, mais propriamente no Cerro da Cabeça Gorda, atravessando em túnel toda a cidade louletana até ao sítio do Cadoiço, junto à Segundauto, na Avenida Marçal Pacheco.

    Na Franqueada, junta-se com a ribeira do Carcavai.

    Desagua no oceano Atlântico, em Vale do Lobo.

    Em tempos medievais, era também conhecido como ribeiro da Graça.

    Há cerca de 100 anos, era referenciado com importância económica, pelas hortas que regava e pelas azenhas que movia…

    Hoje em dia, mesmo a partir da Rua do Cadoiço, a ribeira do Cadoiço parece continuar a envergonhar os louletanos, que não sabem aproveitar dignamente o seu potencial paisagístico, embelezando e contextualizando as suas margens verdes com zonas de lazer de fácil acesso.

    Um cadoiço é uma cavidade profunda num rochedo onde os peixes encontram abrigo e esconderijo.”

  9. José Manuel: Este texto veio mesmo a calhar. Todos ficamos mais bem informados sobre a Ribeira que atravessa Loulé e vai desaguar no Atlântico. Não há louletano que não a conheça. E agora nesta altura vale a pena a visita. Palma

  10. JORGE E JOÃO MARTINS: Vale a pena a visita à nossa famosa Ribeira. E digo-vos mais . Se forem pelo caminho que nos leva aos Pegos dos Cavalos a uns 500 metros dali vão poder apreciar a célebre Cascata com seis ou sete metros de altura onde a água cai e nos faz lembrar as grandes cascatas que às vezes aparecem em certos filmes. Há muitos anos que ali não passava tanta água. Para se lá chegar há que perguntar aos moradores da zona já que se tem de atravessar uma propriedade que julgo estar ao abandono. Bom passeio. Palma

  11. Palma: Obrigado pelo conselho.
    Nos meus tempos jovens, eu e um grupo de amigos, caminhavamos desde a nascente do ribeiro até à cascata. Atravessámos o túnel utilizando pneus de bicicletas, a que pegávamos fogo, para iluminar o caminho. Por vezes era até totalmente às escuras. Desciamos da ponte até ao “Cadoiço” descida de perigosidade média porque verdadeiramente perigosa era a descida da “cascata”. Era aqui que havia enguias…
    Hoje, passados cerca de 50 anos, custo a crer nestas aventuras!!! Foi bom este post, a foto e o texto que o José Manuel transcreveu para recordar esses tempos…

  12. Oh Palma … você tem a certeza que não tomou banhito na ribeira?! pra fazer uma foto destas … Parabéns, óptima foto … que bom que é rever as nossas ribeiras desta maneira … que saudades … obviamente reporto-me aos meus idos tempos de menina e moça 🙂 havia alturas que tinha receio de passar as ditas passadeiras … tanta era a água … Valeu … até parece daido das mãos do nosso amigo … Um abraço …
    hoje já com sol … será?

  13. Tou indo Palma, ainda tenho mais umas horitas… afinal não fui só eu que atravessou o túnel ás escuras,rsrs. Espero que amanhã, o cadoiço tenha o mesmo caudal… pelo menos uma foto do passado ficou impecável… o Jr. quando quer é impecável, pena é ser do Benfica,rsrs. Inté. L.F.

  14. Jorge: Na verdade eu nunca cheguei a fazer essa travessia mas andei por ali muitas vezes já que que era um lugar de Loulé diferente e que chamava a atenção da malta. \\ Convem levar a máquina para umas fotos bem batidas. Abraço – Palma

  15. Lila: Num equilibrio mais que instável lá consegui obter a foto como se estivesse navegando rsss…..\\ Lá para os seus lados também as ribeiras serranas devem estar bem cheiinhas. Ainda existem passadeiras ou já foram substituídas por pontes ? Abençoada água que caíu depois de tantos anos andarmos a «borrifos». De qualquer modo convém não pedirmos muito não vá caír daquelas que depois estragam tudo. O Diabo seja s.c.m—
    Abraço – Palma

  16. Luís: Na verdade já há mais pessoal que fez a travessia do nosso Canal da Mancha em miniatura. Quanto ao caudal
    ele não descerá assim de um dia para o outro. \\ Boa viagem. O Júnior é um grande mestre apesar de ser….. do Benfica….rsssssss. O meu Júnior também é. Nâo fui a tempo de mentalizá-lo quando era pequenino rssss. Abraço – Palma

  17. Do mal ao menos … já que com os pais nada há a fazer … lagartos hoje … lagartos pra sempre! vivam os juniores águias… ah pois! eheheheh … Palma, quanto às passadeiras, aquela me mais me diz, que eu atravessava sempre com o meu avô pra ir pra horta, há muito que foram substituidas por uma ponte um pouco rude, mas uma ponte … ainda há bem pouco tempo lá passei … é uma zona bem bonita de Salir …

  18. Lila: Nesta coisa dos futebois não há nada a fazer. Quando se embica para um lado é pra toda a vida…rsss.
    \\Antigamente haviam muitas passadeiras dessas porque corriam ribeirinhos por todo o lado. Hoje passaram a caminhos rudes. Realmente para os seus lados deve haver muita nascente pois é ali o coração do Algarve. Palma

  19. É necessário que não serca este sítio tao bonito de Loulé. A construção e mais construção vão acabando com estas coisas.

  20. A chuva este ano veio forte por poucos dias. Agora apenas frio e sol. A água faz tanta falta à Natureza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *