As efémeras Borboletas

Hoje tive uma visita no meu quintal , das que há muito não aconteciam.

Uma borboleta. De cores tão fantásticas que dificil será algum pintor conseguir

transpôr para a sua tela. Anunciava certamente a Primavera que aí está pungente de cor e aromas.

Lembro-me de amigos meus, com a «mania» das colecções, correrem atrás de frágeis borboletas causando-lhes a morte só porque as suas colecções não podiam ficar para trás.

Alguns desses frágeis e pequenos seres duram às vezes apenas um dia.

Benito di Paula , cantor brasileiro e defensor da Mãe Natureza, tem no seu reportório

uma canção que é um hino em defesa das borboletas.

Deixamos aqui uma bela foto de autoria de João Palmela e a tal canção de Benirto di Paula.

Sant-Exupery diz: “É preciso que eu suporte duas ou três lágrimas se quiser conhecer as borboletas.”

Palma

12 comentários a “As efémeras Borboletas

  1. Gosto cada vez mais de observar estas breves mas vibrantes vidas com que a natureza nos presenteia. Bonito.

  2. Luisa Moreira. É verdade Luísa. E agora nesta Estação temos oportunidade de apreciar mais estas mil e uma cores que nos são oferecidas
    gratuitamente,.rs e que são por vezes tão maltratadas pelos humanos. Abraço – Palma

  3. Segunda Luísa – rs .. estas borboletas e outras… que vivem apenas poucos momentos comparando com as nossas vidas e que trabalham e voam como se tivessem para viver cem anos…. É realmente uma maravilha. Abraço Palma

  4. Convido os visitantes a escutarem bem o hino do Benito di Paula. E depois estes brasileiros conseguem dizer as coisas de uma forma , com uma doçura e um sentimento único. Maravilha.
    Nini

  5. Olá Palma,

    Brilhante post! Já não são muitos os de nós que consumidos pela vertigem da vida têm a capacidade de “ver” as pequenas grandes coisas que encantam os nossos espíritos.

    Abraço
    João Martins

  6. João Martins – É verdade. Acho que estou a reparar agora em pequenos pormenores do quotidiano que antes me passavam ao lado. Deve ser o peso dos anos…rss… Abraço amigo – Palma

  7. Vejam se puderem, o filme A Borboleta Azul. Para quem estiver interessado, a Sinopse:
    Baseado em factos verídicos, A BORBOLETA AZUL conta a história de Pete, um rapazinho de dez anos com uma doença terminal e a quem já só restam uns meses de vida. O seu último desejo era capturar a borboleta mais linda da Terra: a mítica e fugidia Mariposa Azul, que só existe nas florestas virgens da América Central e do Sul. Determinada em realizar o sonho do filho, Teresa Carlton, a mãe solteira do garoto, convence muito a custo Alan Osborne, um famoso entomólogo e o herói de Pete, a levá-los à floresta em busca da borboleta. A aventura que empreendem irá revelar-se uma lição ímpar, de coragem e redenção, de poder e de perdão, pondo a nú a fragilidade da vida e a força do amor. “”

  8. O que a gente “não” aprende … lol … e pensar que bicho tão feio antecede a borboleta … incrível mesmo.

    Pois é Palma … reparamos em coisas que as tarefas obrigatórias dos empregos, não nos deixava tempo para … qual idade?! jovens que nós somos … fomos … sei lá … Belo post sim senhor! e concordo com o João … há muito boa gente, com tempo mais que suficiente, e não tem olhos para ver e apreciar certas coisas …

    Um abraço … e muitas borboletinhas … tadinhas … tadinhas … lembra-se do fernando Pereira cantar isto?

  9. Liliana: Certo como o vento que está esta tarde…. agora nesta nossa fase de 2ª Juventude reparamos em coisas que nos passavam ao lado. Quem diria que o inicio destas borboletas é tão feiozinho. \\\ O FP cantava as tadinhas…rs…..e tinha piada. Agora está completamente recauchutado. Quase não o conhecia um dia destes quando o vi.\\ Abraço e que aí pelo seu quintal esvoaçem estes bichinhos tão simpáticos e que emprestam um tão belo colorido à nossa volta. Saibamos respeitá-las. Abraço – Palma

  10. Palma, corte esse comment anterior , queria dar-lhe conhecimento desse evento para a malta do teatro, mas parece que não deu … corte por favor!!!1

  11. Ok Liliana. De qualquer modo obrigado.
    Espero que tudo esteja a correr pelo melhor. Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *