BENTO XVI E O LIMBO

O Papa João Paulo II há uns anos atrás, chegou à conclusão, se é que não foi sempre a sua ideia, de que Céu, Inferno e Purgatório não se referem a lugares concretos, mas à experiência do destino final.
*** Finalmente Bento XVI pôs ponto final no Limbo, depois de centenas de anos
milhões de crentes sofrerem com o facto de seus filhos mortos ainda crianças e sem serem baptizadas, ficarem longe da presença de Deus.
*** Para Santo Agostinho as crianças que morriam sem ser baptizadas não iriam para o Céu. Já Santo Anselmo defendia que os que estavam no Limbo apenas ficavam privados da visão de Deus face a face.
*** Foram precisos vários séculos para se chegar a estas brilhantes conclusões.
*** A Idade Média já vai longe, mas faz-se uma ideia da mentalização dos crentes naquela época de obscurantismo .
*** O tempo tudo resolve, diz-se. Qual será a próxima crença a cair por terra ?

Foto: Gravura de autor que desconheço

15 comentários a “BENTO XVI E O LIMBO

  1. Horroroso o sofrimento por que fizeram passar milhões de seres humanos para centenas de anos depois chegarem à bonita conclusão que eram histórias criadas para assustar os bons filhos de Deus.

  2. Interessante o que diz Widson Porto Reis….
    Você não vai encontrar nada sobre o Limbo nas escrituras sagradas. Na verdade o Limbo foi inventado no século XIII por Peter Abelard, um filósofo escolástico francês. Antes disso ensinava-se que o bondoso Deus enviava os bebês não-batizados para queimar nas chamas do inferno por toda a eternidade. Mesmo sem nunca ter sido parte da doutrina oficial da Igreja, o Limbo era parte da tradição católica. Pelo menos um papa já se referiu a ele sem papas na língua (o trocadilho à la Engenheiros do Hawaii foi sem querer): em 1905 o papa Pio X afirmou com todas as letras que “As crianças que morrem sem batismo vão para o limbo, onde não têm contato com a graça de Deus mas também não sofrem”. Agora o Papa Bento XVI afirma que o limbo é apenas “uma hipótese teológica” e “não uma verdade da fé”. Um dos dois deve estar errado. Por falar nisso, o que aconteceu com a infalibilidade papal? Seria ela também uma hipótese?
    O grande problema para os cristãos é que se o Limbo pode ser desinventado com uma canetada papal o que virá depois? O purgatório será fechado? O Capeta deixará de ter chifres? A Santíssima Trindade deixará de ser uma trindade? Aos que se inquietam diante de uma Igreja que tem hipóteses como as de sua contraparte, a Ciência, em vez de verdades absolutas, é sempre bom lembrar que os dogmas da Igreja não nasceram prontos, mas foram inventados por outras canetadas históricas, às vezes muito mais controversas. A questão da multiplicidade de Jesus é um bom exemplo.

  3. Da Rádio TSF On Line: A Igreja Católica holandesa deu, esta terça-feira, “luz verde” a uma investigação alargada a suspeitas de pedofilia. Desde Março de 2009, as autoridades receberam mais de 1500 queixas.

    Desde que a polícia holandesa abriu inquéritos, foram formalmente constituídas 52 acusações contra a Igreja Católica, por alegados abusos sexuais.

    Desde Março deste ano, as autoridades holandesas receberam mais de 1500 queixas denunciando abusos sexuais cometidos por padres a jovens, sobretudo nos anos 1960 e 1970.

  4. Amigo Palma,

    Se a ignorância não ofuscasse tanto os valores espirituais, provavelmente as crenças anteriores estariam esbatidas há muito mais tempo, e outras,ainda por aí…, estariam já arquivadas.

    A próxima crença a cair será aquela que cada um tiver ainda dentro de si como superstição.

    Uma Fé limpa e sã…, sem mistérios e medos, será a salvação verdadeira das Almas e da Cristandade.

    Penso que o grande entendimento com Deus não passa pelas pompas, luxos e outras circunstâncias!
    É importante desenvolver a riqueza da humildade, do estudo e da humanidade, com a prática de muita solidariedade.

    Talvez a consciência ajude bastante nesta cruzada de bem! Deus amará tudo isto!

    Esta gravura que o Palma nos mostra é uma maravilha! Olho para todos os pormenores dela e só encontro paralelo com ambientes na nossa velha e mal estimada Terra!

    Não creio que o sossego eterno tenha daqueles personagens, nem no fantástico Carnaval de Loulé!

    Aquele abraço

    César Ramos

  5. Sempre atento o Almeida. Palma, sempre que vir um A bem grande e um d no meio já sabe de quem se trata… está bem visível na pedra em baixo do lado direito. O meu filho não se queixa de não ser baptizado, nem espera de ir para o inferno, segundo as suas palavras, no “inferno” já ele está,rsrs. A próxima crença a cair, será o extermínio dos charlatães… Interrompi este comentário por ser chamado ao Hospital, o resto o meu amigo já deve calcular… é a vida Palma… cuidemos dos vivos e enterremos os mortos. L. F.

  6. Deste post já colhi alguns ensinamentos pelo que sempre é verdade que estamos todos os dias a aprender qualquer coisa mais. Sobretudo aqui com amigos como o CESAR RAMOS, o A. ALMEIDA e o LUIS FURTADO e com os desconhecidos MAURITO E REPORTER Y. Um obrigado pela participação neste pequenino fórum sobre assunto que causou tanto e tanto sofrimento. Palma

  7. Em especial agora para o Luís Furtado que acaba de tomar conhecimento da partida de sua mãe para o tal mundo que acreditamos ser mais justo e onde certamente alguém cuidará de todos da mesma forma e não como nos Limbos que
    durante centenas de anos foram impingidos a tantos milhões de seres humanos.
    Aqui fica um pequeno texto de autor desconhecido para o dia de hoje:
    Nem a tristeza, nem a desilusão, Nem a incerteza…Nem o medo, nem a depressão… Nada me impedirá de sorrir…Por mais que sofra meu coração…..Nada me impedirá de sonhar….Nem o desespero nem a descrença… Muito menos o ódio ou alguma ofensa…Mesmo errando e aprendendo, Tudo me será favorável…Para que eu possa sempre evoluir, Preservar,servir,cantar,agradecer,Perdoar,recomeçar… Quero viver o dia de hoje, Como se fosse o primeiro…Como se fosse o último,Como se fosse o único… Quero viver o momento de agora, Como se ainda fosse cedo, Como se nunca fosse tarde… Conservar o equilíbrio e fortalecer,A minha esperança… Quero caminhar na certeza de chegar…

  8. Deus é misericordioso e “quer que todas as crianças sejam salvas”, consideraram os teólogos, reunidos sob a presidência do prefeito da congregação pela doutrina da fé, o americano William John Levada. No entanto, eles ressaltaram que seu parecer se baseia “sobre uma piedosa esperança” mais do que sobre “uma certeza provada”.

    Em 1984, o então cardeal Joseph Ratzinger já havia se declarado partidário “a título pessoal” do abandono da “hipótese” da existência do limbo. Esta idéia foi concebida no século V, quando Santo Agostinho tentou responder à quadratura do círculo: dado que a alma das pequenas crianças mortas sem batismo não havia sido livrada do pecado original, elas não poderiamm chegar ao paraíso. Mas como nada fizeram de mal, não têm lugar no inferno.

    Apesar da queda da mortalidade infantil, o tema permanece sendo uma atualidade incômoda para a Igreja católica, confrontada com a prática do aborto e com a diminuição constante do número de batismos de crianças.

    (In Terra)

  9. Ele há coisas nestes dias de visita Papal
    Mais uma vez a família Silva exibiu tiques de família real, quando Cavaco Silva fez anos a foro de família lembrava as da família real espanhola, agora recebeu o papa no Palácio de Belém com toda a sua família. Não percebo porque razão estava lá a filha e o genro do Presidente da República e não estava a empregada de balcão dos pastelinhos de Belém

  10. Antes de mais os meus sentidos pêsames ao Luis … agora fica a lembrança e a eterna saudade …

    Ai Palma … Jesus deu o exemplo, batizando-se em adulto … mas de nada serviu … enfim … criança tem pecado?! … tudo invenção do homem … mas quem sou eu?!

    Abraço

  11. Liliana: Mas no fundo passaram centenas de anos e chegou-se à conclusão descansando muitos espíritos de que afinal esses lugares terríveis que tanto nos assustaram na infância afinal não existem. Mais vale tarde do que nunca. Deus é Justiça e não um patrão que trata de uma forma uns e de outra forma outros.

  12. A Igreja (Hierarquia) tem imensas culpas no cartório. Quando um dia houver mesmo liberdade para contar tudo….vai ser lindo

  13. Jà não será no nosso tempo. mas haverá esse tal tempo em que milhares de charlatanices criadas em concilios e que nada têm a ver com Deus, cairão por terra. Já era tempo disso mas…..

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *