DIA DOS HOMENS HONRADOS

Hoje dia dos Reis Magos, é também conhecido aqui na Louletania desde tempos imemoriais, pelo dia dos HOMENS HONRADOS. Aproveito para dedicar este post ao meu pai, que não pertencendo já ao mundo dos vivos, festejava nesta data o seu aniversário natalício.

O poema que aqui fica transcrito é de autoria de Olavo Bilac poeta brasileiro.

A fotografia foi obtida no dia de hoje no Presépio que tradicionalmente se faz cá em casa.
********
Diz a Sagrada Escritura
Que, quando Jesus nasceu,
No céu, fulgurante e pura,
Uma estrela apareceu.
Estrela nova … Brilhava
Mais do que as outras; porém
Caminhava, caminhava
Para os lados de Belém.
Avistando-a, os três Reis Magos
Disseram: “Nasceu Jesus!”
Olharam-na com afagos,
Seguiram a sua luz.
E foram andando, andando,
Dia e noite a caminhar;
Viam a estrela brilhando,
sempre o caminho a indicar.
Ora, dos três caminhantes,
Dois eram brancos: o sol
Não lhes tisnara os semblantes
Tão claros como o arrebol
Era o terceiro somente
Escuro de fazer dó …
Os outros iam na frente;
Ele ia afastado e só.
Nascera assim negro, e tinha
A cor da noite na tez :
Por isso tão triste vinha …
Era o mais feio dos três !
Andaram. E, um belo dia,
Da jornada o fim chegou;
E, sobre uma estrebaria,
A estrela errante parou.
E os Magos viram que, ao fundo
Do presépio, vendo-os vir,
O Salvador deste mundo
Estava, lindo, a sorrir
Ajoelharam-se, rezaram
Humildes, postos no chão;
E ao Deus-Menino beijaram
A alava e pequenina mão.
E Jesus os contemplava
A todos com o mesmo amor,
Porque, olhando-os, não olhava

A diferença da sua cor……!

7 comentários a “DIA DOS HOMENS HONRADOS

  1. Votos de Bons Reis e que os Homens Honrados nunca faltem nas nossas vidas. Apesar da maledicência que existe por todo o lado há gente de bem
    que não pode ser confundida com a outra gente.

  2. A ida/vinda dos Reis Magos para adorar o Outro Rei … é francamente maravilhoso! Uma passagem bíblica que amo.

    Este poema diz tudo … Paz na terra aos Homens de boa vontade!

    … um viva a todos os homens honrados, mesmo aos que já partiram … e jamais saiem da nossa lembrança …

  3. Palma; vamos cantar as janeiras?…

    Vamos cantar as mentiras,
    Vamos cantar as mentiras,
    Por esse Portugal inteiro vamos,
    Vamos só cantar mentiras.

    Já é tanta a ladroagem,
    Já é tanta a ladroagem,
    Com a ajuda dos Reis Magos vamos,
    Correr com toda a malandragem.rsrs

    Irra que estou farto de tanta palhaçada… não mata mas mói, anda tudo desmotivado, já nem apetece falar, pra quê se não nos ouvem nem nos ligam patavina… quem diria que até o “Sr.” de Boliqueime, (que parece não partir um prato), se tornou tão arrogante e convencido, não leram bem?… vou repetir em letras grandes… ARROGANTE E CONVENCIDO… mas há mais.
    Que tristeza esta e que sina a nossa. Cuidem-se Portugueses, se este Sr. for reeleito, em 2012, nem bolo rei comem,rsrs. Inté. L.F.

  4. Luis Furtado: Calma que os Reis Magos podem ouvir…rssss e pensar que é com eles os homens honrados !! rs. Essa letra de Janeiras acho que se adapta mais às Charolas devido ao estilo. ahhh !\\ E como estamos de trabalhos para o Rei Momo louletano ? Agora que se acabaram as Festas Dezembrinas há novidades ?
    Abraço – Palma

  5. Palma,

    Gostei muito do seu Presépio, porque representa muito bem o ambiente onde se deu a maior revolução de sempre… na Terra.

    Gostei de saber que aí, se comemora o dia dos Homens Honrados! Foi bom saber que há, em algum sítio,uma menção à seriedade, nestes tempos em que a honestidade arrisca estar na lista dos valores em vias de extinção.

    Engraçada a transmissão de pensamento, ao escolhermos o mesmo autor e o mesmo poema para o post sobre o Dia dos Reis.

    Foi também, o que transcrevi no blog ‘Munho’ dias antes!

    Outrora, na terra do meu falecido pai – Serra do Caramulo -, a Festa do Natal era nos Reis e com muita justiça, porque a carga simbólica das prendas está no Ouro, Incenso e Mirra, oferendas significativas da grandeza de Jesus – O Cristo!

    Um abraço
    César

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *