É tempo de despir as fantasias…….

Mais uma quarta-feira de cinzas. Acabou a folia, despiram-se as fantasias e a um canto

um Arlequim está chorando pelo amor da sua Colombina….

Até para o ano !

 

 

 

Quanto riso! Oh! quanta alegria!
Mais de mil palhaços no salão.
Arlequim está chorando
Pelo amor da Colombina
No meio da multidão.

Foi bom te ver outra vez,
Está fazendo um ano,
Foi no carnaval que passou.
Eu sou aquele Pierrot
Que te abraçou e te beijou meu amor.
Na mesma máscara negra
Que esconde o teu rosto
Eu quero matar a saudade.
Vou beijar-te agora,
Não me leve a mal:
Hoje é carnaval.

(Zé Keti-Pereira Mattos, 1966)

3 comentários a “É tempo de despir as fantasias…….

  1. Gosto muito desta marchita 🙂 muito mesmo …

    Pro ano há mais … este ano que s. pedro ajudou, cortaram … enfim!

  2. O grande Martinho da Vila canta e bem:

    A grande paixão
    Que foi inspiração
    Do poeta é o enredo
    Que emociona a velha-guarda
    Lá na comissão de frente
    Como a diretoria
    Glória a quem trabalha o ano inteiro
    Em mutirão
    São escultores, são pintores, bordadeiras
    São carpinteiros, vidraceiros, costureiras
    Figurinista, desenhista e artesão
    Gente empenhada em construir a ilusão
    E que tem sonhos
    Como a velha baiana
    Que foi passista
    Brincou em ala
    Dizem que foi o grande amor de um mestre-sala
    O sambista é um artista
    E o nosso Tom é o diretor de harmonia
    Os foliões são embalados
    Pelo pessoal da bateria
    Sonho de rei, de pirata e jardineira
    Pra tudo se acabar na quarta-feira
    Mas a quaresma lá no morro é colorida
    Com fantasias já usadas na avenida
    Que são cortinas, que são bandeiras
    Razão pra vida tão real da quarta-feira
    É por isso que eu canto

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *