FIM DE VERÃO

QUARTEIRA - FIM DE TARDE  - DÉCADA DE CINQUENTA

QUARTEIRA - FIM DE TARDE - DÉCADA DE CINQUENTA

FIM DE VERÃO

Eis-nos chegados ao final de mais um Verão . Os dias muito quentes que nos assolaram devem agora dar lugar, a manhãs e entardeceres bem mais fresquinhos e com poentes de mil cores como é apanágio nos Outonos que vão passando por nós.

E com o fim do Verão, termina como é habitual a época balnear. As praias ficam mais solitárias e sobretudo vazias de crianças e dos pares de namorados que levam consigo para terras por vezes distantes recordações de momentos inesquecíveis.

A fotografia que vos trago hoje, foi-me cedida pelo amigo L. Guerreiro e mostra uma tarde,

talvez de fim de Verão, na nossa Praia de Quarteira nos finais da década de 50 do século passado.

Na altura, os homens tinham obrigatóriamente de usar calção de meia perna e camisola de alças. As senhoras, essas, passeavam vestidos mais ou menos compridos e de tecidos vaporosos.

Tudo muito decoroso como ditavam as leis da época.

Que seja um bom Outono este que se aproxima………

Texto: Palma – Foto cedida por L.Guerreiro –

14 comentários a “FIM DE VERÃO

  1. Bom dia Palma … hoje o dia está mais para verão …não? Quarteira da batata doce na praia … já não vesti vestidos … e ainda bem … era desconfortável 🙂 olhe, é pra dizer que logo pela manhã vi o largo do Chafariz na TV memória, num programa dos muitos que a Natália Corrreia fez, este dedicado a Brites de Almeida … o programa é VIAGEM NO TEMPO, mátria … claro que também vi aqui a minha zona, onde parece, ela ter vivido. Vai haver repetição hoje à tarde … acho … Uma muito boa semana. Abraço

  2. Lila: Do que você se safou. Andar de vestido comprido na praia . Só faltavam os saltos altos e as meias de vidro kkkkkk.
    Ainda bem que me avisa do Programa da Natália Correia. Sendo assim vou estar atento estar tarde. E deve ser o Largo do Chafariz do meu tempo e certamente como o da foto que já publiquei. Que pena não ter gravador de dvd. Brites de Almeida a tal mulher que diziam ter seis dedos numa mão e que teria nascido ali para a Goncinha segundo a opinião de uns e em Faro segundo opinião de outros. Não sei. Mas estou interessdo. Depois, a Natália era uma mulher de armas. Uma nova Brites das letras. Até logo. Obrigado – Palma

  3. Aí está o fim de verão bem representado nessa foto antiga nos tempos em que a moral e os bons costumes obrigavam as senhoras a ter tudo tapado não fosse o sol entrar por alguma abertura menos conveniente. Que tempos !

  4. Há neste Mundo uns felizardos que sem se aperceberem, até são contemplados com recordações do passado. Durma lá descansadinho que à sempre alguém que vela por si,rsrs. Está tudo nos conformes para às 19,41 aprox. gravar em DVD o seu, nosso, chafariz e a Brites de Almeida, (salvo seja)… de qualquer das maneiras convém ver o programa não vá o gravador dar numa do contra,rsrs. É Palma, as zelosas obreiras estão a partir de agora de sentinela alerta,rsrs. Inté. L.F.

  5. Luis Furtado: Há sempre uma boa alma à escuta em qualquer buraquinho deste mundo. E calhou logo você ser essa boa alma rsss.
    Pois fico agradecido. Mesmo que sejam poucas as imagens daquele tempo já é uma recordação. A Natália Correia era ela mesmo uma Padeira de Aljubarrota. A nossa amiga Lila que está sempre à coca lá nos avisou e ainda bem. às 19H41 lá iremos espreitar fazendo votos de que o seu gravador não lhe dê algum
    aprisionamento no motor de arranque. O diabo seja aquilo que a gente deseja que ele seja. (Que belo proverbio agora inventado rsss).\\\ Agora com as zelosas obreiras é que você me deixou meio abananado. Será a minha esclerose que não me deixou entender…Explique se puder…rs. Abraçºo – Palma

  6. Ah! Ah! Ah! … as obreiras somos nós, quais formigas trabalhadoras aproveitando o resto do verão, para conseguir armazenar o máximo de alimento para o inverno que se aproxima,rsrs. Há dois, se um falhar o outro não falha de certeza. Estou com mais tempo, afinal, a revista só deve estrear a 7 ou 14, só hoje é que soube. Inté. L:F.

  7. Luís. Desvendado o alibi espero bem que encha o celeiro para o Inverno pois se a A Gripina ataca bem que temos de ter algum arrozinho e outras coisas mais para a quarentena. Longe vá o agoiro.\\ Estive a ver o programa e acho que você tem ali um tem para um quadro . A nossa Padeira de Aljubarrota, louletana dos sete costados. Abraço e até mais tarde. Palma

  8. Luis : Peço desculpa por ter «comido» as palavras…”….tem ali um tema para um quadro”. P.

  9. Se te comparo a um dia de verão
    És por certo mais bela e mais amena
    O vento espalha as folhas pelo chão
    E o tempo do verão é bem pequeno.

    Ás vezes brilha o Sol em demasia
    Outras vezes desmaia com frieza;
    O que é belo declina num só dia,
    Na terna mutação da natureza.

    Mas em ti o verão será eterno,
    E a beleza que tens não perderás;
    Nem chegarás da morte ao triste inverno:

    Nestas linhas com o tempo crescerás.
    E enquanto nesta terra houver um ser,
    Meus versos vivos te farão viver.

    William Shakespeare

  10. Agora que aqui chegou este poema de um dia de verão e porque tenho aqui ao meu lado um livro de Cecilia Meireles passo a escrever o poema SE NÃO HOUVESSE MONTANHAS:

    Se não houvesse montanhas!
    Se não houvesse paredes!
    Se o sonho tecesse malhas
    e os braços colhessem redes!

    Se a noite e o dia passassem
    como nuvens, sem cadeias,
    e os instantes da memória
    fossem vento nas areias!

    Se não houvesse saudade, solidão nem despedida…
    Se a vida inteira não fosse, além de breve, perdida!
    Eu não tinha cavalo de asas,
    que morreu sem ter perdido
    E em labirintos se movem
    Os fantasmas que persigo.

    Uma boa noite para todos

  11. Viva Palma; espere pelo dia 27 e verá o “quadro” que vou pintar da Padeira de Aljubarrota… vai ver ela correr com os novos castelhanos à pazada,rsrs… agora a nossa Brites estava um pouco a fazer papel de modelo, uma heroína com “6 dedos, e matando tantos”, devia ter um corpanzil mais “musculado”,rsrs. Estive a rever a gravação, ficou óptima, como deixei o DVD chegar ao fim, gravou uma comédia da família do Archie. Não sendo saudosista, recordo os bons programas do antigamente; «se bem me lembro”» «Raul não leva acento» e os desta grande Senhora entre outros. Inté. L.F.

  12. Luis: Espero bem que a do dia 27 não seja a que estou pensando senão tenho de escolher uma casinha na Andaluzia para viver e ele há lá tão bonitas. Aquela heroína era realmente um pouco a dar para o deslavado. Ali mesmo a Natália podia ter feito aquele papel não acha ? rsss. Se bem me lembro era um grande programa. Eu também só sou saudosista das coisas que foram boas e a essas ninguém lhes pode tirar o valor.
    Abraço e até mais tarde. De quem são os textos da nova produção ?
    Já lá estará aquele sujeito que era muito amigo do Presidente ´desde há 20 anos e que foi atirado ontem ao ar como a Deu la deu Martins fez aos panitos para os espanhóis ?

  13. O Verão está realmente no fim. Espero que os fatos de banho do próximo verão sejam parecidos com os que as senhoras da fotografia acima nos mostram. É que eu acho as mulheres muito mais sexys com vestidos desses vaporosos e compridos do que com certos fatos de banho que põem a celulite em destaque. É preciso saber tirar partido da moda. Boa tarde.

  14. Palma; respondo aqui para não incomodar o J.Iglésias, como é uma conversa sobre a Revista cá vai… os autores são os mesmos e pelo que me chegou aos ouvidos, estão à espera do dia 27 para dar alguns retoques. Chegaram-me às mãos + 3 cenários que não estavam no programa… 1, Egipto, será que no dia 27 vão desenterrar alguma Múmia? 2, Salão de Balet, mesmo que a desenterrem como é que ela se vai aguentar em bicos dos pés? Por último o Palácio de Queluz, este é que não entendo lá muito bem… deduzo que seja para decorar as paredes com as fotos do chefe e ajudantes dos arqueólogos, (para recordação), por quererem impingir a Múmia a outros, e não a quem de direito, aos Egípcios,rsrs. se calhar nem eles a queriam,rsrs. Com todas estas trapalhadas a Revista só estreia dia 14 e a exposição é dia 17, não vou poder estar presente, no entanto já deleguei o amigo Baptista para me representar. Tenho problemas com o lar, depois de toda a papelada, agora é a Directora que falta, e não à ninguém para a substituir, é giro. Tenho que ficar por aqui, Mãe é Mãe, né?… o resto que se lixe. Inté L.F.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *