GRANDES IDEIAS

48f0245ff-b2f2-441b-a854-e4fcd93c42b9

De tempos a tempos aparece gente desconhecida com idéias que se podem chamar de geniais.
É o caso de Mohamad Yunus que criou o microcrédito. Este feito valeu-lhe o Prémio Nobel da Paz em 2006.
Dava aulas de Economia na universidade, no Bangladesh em 1974 e as teorias que ensinava não eram de grande ajuda aos mais pobres. “Um dia passei por uma mulher que fazia um banco de banbu à frente da sua cabana em ruínas. Alguns cêntimos por dia era tudo o que lhe restava depois de pagar aos agiotas”.
No espaço de dias, encontrou outras 42 em situação de extrema pobreza. Para financiarem os seus negócios, bastava-lhes cerca de 20 Euros. Yunus acreditava na capacidade dos trabalhadores pobres honrarem os seus compromissos de crédito e criou um tipo de financiamento, centrado em pequenas quantias, que podiam ajudar muita gente a mudar de vida. Assim nasceu o Grameen Bank, que até à data já ajudou cerca de 8 milhões de pessoas.
Abençoada idéia !
– Palma

– Fonte: Activ – Foto: Net

14 comentários a “GRANDES IDEIAS

  1. Mais gente desta houvesse, e o mundo estaria bem melhor … mas sabemos que são uma parcela mínima … quem mais pode não o faz … é assim … agora todo o mundo está virado pro Haiti e ainda bem que assim é … a ajuda urge … Palma, um óptimo fim de semana pra Louletania, desejos extensivos à capital do reino, claro está, ao nosso amigo e Cª Lda Um abraço

  2. Nunca é demais alguém ajudar alguém.
    Uma pergunta faço — Podem-me dizer a que horas é o funeral da mãe do nosso amigo Joaquim Vairinhos ? Boa tarde.

  3. Gostei do post. É preciso sempre fazer alguma coisa. Chamo a vossa atenção para o blog O Jumento que pode ser linkado aí ao lado segundo me pareceu, porque este artigo de hoje como muitos outros daquele excelente blog está muito interessante. Um bom fim de semana para vocês todos.

  4. Lila: Na verdade há uma parcela mínima que se interessa pelos mais desfavorecidos. Mas quando são catástrofes ao nível desta do Haiti o pessoal abre os olhos e pensa que, hoje eles, amanhã nós.
    Bom fim de semana . Abraço . Palma

  5. Gil e Norton: O funeral da mãe do nosso amigo Vairinhos segundo informação prestada pelo Prof. Almeida será amanhã pelas 10H30 com saída da Igreja dos Espanhóis. Um bom fds. Palma

  6. Viva Palma, se não nos cuidar-mos esta será uma imagem futura de muitos de nós… (lá vem o “pessimista”) chatear os não… um dia este gesto pode acontecer a qualquer um, que é estender a mão à caridade… \\\ não captei lá muito bem as notícias, mas parece-me que o gesto deste senhor, está a ser adulterado por certas ratazanas que aproveitando-se da ideia, abriram novos bancos de empréstimo semelhante, provocando mais prejuízos que benefícios dando origem a que as pessoas já não conseguem pagar os compromissos ficando mais pobres e endividados que antes… é só rataria… por aqui e também na ilha, à muitos ratitos, e sinceramente, estou no vai não vai… depois contarei a história dos ratos e de certo que se espantará, é só pra nozes,rsrs. Inté. L.F.

  7. Luísa Moreira: Não há dúvidas que este Mundo precisa de gente com boas ideias e que despreza mais os lucros. Há tanta gente que poderia fazer tanto pelos outros….. Como se costuma dizer depois de mortos não levam nada com eles. Abraço – Palma

  8. Luis Furtado não podemos ser tão pessimistas assim….rsss desde que nasci que conheço pobreza e acho que apesar de existir não tem nada a ver com a que conhecemos nem pouco mais ou menos. Temos todos a obrigação de contribuir com um pouquinho de nós nesta grande empresa , dificil por sinal. Os homens dos Bancos que aparecem nas televisões com o ar mais puro deste mundo também poderiam ou deviam nem que fosse à força..rsss dar um jeito.. A minha cusquice está em polvorosa….. rssssss com a historia dos ratões….. Um bom fim de semana para a família Furtado. Abraço amigo – Palma

  9. Nesta sociedade ou noutra todos temos de nos responsabilizar. Parece que estamos todos habituados ao subsidio para tudo. O Estado tem de dar resposta a tudo e nós limpamos as mãozinhas. Basta abrir a televisão e só se reclama como se não tivessemos obrigações nenhumas para com a Sociedade. Espero que não venha a contecer aqui o que acontece na Irlanda com 10% menos nos vencimentos dos funcionários públicos,e outras medidas drásticas que se fossem aqui davam fogo a tudo com tanta exigência que se vê.
    Que os céus nos ajudem porque a malta cá em baixo está-se nas tintas. Madalena

  10. Cem mil não é um milhão, portanto é menos que muitos milhões. Porque, no Haiti, morreram cem mil pessoas, leio como reacções dos poderes, dos grandes poderes, que vão mandar muitos milhões de euros para o Haiti. Claro que acho bem e se fossem ainda mais milhões passava a achar óptimo. Até ao sismo, o Haiti era um dos países mais miseráveis e mais esquecidos do mundo. Na cotação mundial, antes, cada haitiano vivo valia para aí um cêntimo de atenção. Se calhar, nem tanto. Morreram cem mil, passam a valer muitos milhões. Nada é como antes. Hoje, os pobres, os esquecidos, valorizam-se que se fartam, quando morrem.
    (Publicado por João Tunes – Blog Água Lisa )

  11. Viva Palma, só posso falar de uns ratos, de outros, só confidencialmente,rsrs. Como sabe, estou a preparar-me para ir de férias pra ilha, só que, oiço falar da ilha pelos piores motivos, (lá vem o “pessimismo”)rsrs… a ilha, está lutada de queijarias, e como os ratos são gulosos por queijo, toca de assalta-las levando toda a mercadoria que podem… não satisfeitos, vai de malhar nos proprietários, e estes por sua vez pensam muito seriamente em abandonar o negócio… por este andar ainda vou ver a ilha ficar “deserta”,rsrs… bem, depois, depois lá vem a treta do costume, que são casos pontuais, pois… já descobriu de que ratos se tratam?rsrs… dos outros fala-se pra semana. Cumprimentos a todos e muito cuidado com a rataria,rsrs. Inté. L.F.

  12. Luis Furtado: Rataria não falta. Estou um bocado confuso mas espero que daqui a uns dias o assunto seja explicado então tim tim por tim tim. Os nossos amigos leitores devem pensar que há aqui alguns negócios escuros e ainda ficamos sob escuta… rsss. Não vale a pena, pois são assuntos particularmente particulares… Haja saúde que é o principal. Bom fim de semana. Vem aí o Virtorino – cantor- Abraço – Palma

  13. Luis Furtado: Rataria não falta. Estou um bocado confuso mas espero que daqui a uns dias o assunto seja explicado então tim tim por tim tim. Os nossos amigos leitores devem pensar que há aqui alguns negócios escuros e ainda ficamos sob escuta… rsss. Não vale a pena, pois são assuntos particularmente particulares… Haja saúde que é o principal. Bom fim de semana. Vem aí o Vitorino – cantor- Abraço – Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *