Há 92 anos louletanos também sofreram os horrores de La Lys

Completaram-se há dias, ( 9 de Abril) noventa e dois anos sobre a Batalha de La Lys, considerado por alguns o 2º Álcacer Quibir da história Militar de Portugal .

Muitos louletanos mobilizados para essa terrível Guerra pereceram…..

In “ Loulé no Séc..XX “ da Drª Isilda Martins a páginas 105 pode ler-se………

“ Os portugueses foram destacados para a região de La Lys onde ocuparam as primeiras linhas de trincheiras « carne para canhão», com a missão de, em caso de ataque das tropas alemãs, retardarem o seu avanço, o que ocorreu no dia 9 de Abril de 1918. Pelas 11H30 da manhã o exército alemão irrompe em vagas avassaladoras. Os portugueses encontravam-se exaustos de tão longa espera, sem descanso nem renovação de efectivos e mal equipados. Mesmo assim ofereceram resistência até à morte, na tentativa de de cumprir a missão que lhes tinha sido confiada.

Os soldados louletanos participaram nesta Guerra integrados no Batalhão de Infantaria nº 4 de Faro. O seu efectivo era constituído por 19 oficiais e 600 praças.

Sobreviveram à Guerra, uns por haver desertado, outros vaguearam perdidos e abandonados à sua sorte, alguns atravessaram a pé, a França e a Espanha e a maioria ficou prisioneira dos Alemães.

Dos primeiros, as famílias desconheceram o seu partadeiro durante muito tempo, o mesmo acontecendo com os segundos, que foram conduzidos para os campos de prisioneiros alemães, donde saíram após o armistício. “

Noventa e dois anos depois, poucos de nós se lembram ainda de alguns desses louletanos

que conseguiram regressar.

(Imagem:  Net )

11 comentários a “Há 92 anos louletanos também sofreram os horrores de La Lys

  1. Louvo e lamento o povo Louletano por ter sofrido o horror desta estúpida guerra.

    Muito bem feita a ligação a Alcácer Quibir, em termos de comparação histórica.

    Ao fim de tantos anos, ainda continuamos a assistir a despedidas como a desta fotografia!

    Nunca mais se aprende!

    Um abraço
    César Ramos

  2. Caro Cesar Ramos: Na verdade passam anos, séculos e a «malta» não aprende……porque por detrás de tudo isto outros valores mais altos se « alevantam» rs. \\\ Por cá chove a cântaros.\\ Isto faz-me lembrar uma quadra do Aleixo que numa determinada altura de seca, vendo passar um grande número de pessoas em procissão, pedindo aos Céus que mandasse uma boa chuvada e ele no momento versejou:
    ººººººººººººººººººººººººº
    Tanta gente em alta prece
    Pedindo chuva em voz alta
    Como se Deus não soubesse
    Quando a chuva nos faz falta.
    \\\\\ Bom Fim de semana – Palma

  3. Palma; segundo rezam as crónicas da família, um meu avô andou por La Lys… não caiu em combate!… segundo a minha avó, trouxe consigo uma doença que o vitimou… nunca cheguei a conhece-lo. \\\ Não me diga que vamos ter a festa grande estragada?… tenha cuidado com os tornados, eles andam aí por perto… o do Tejo mudou-se para Cascais… tá bonito tá, continuem a brincar com a Natureza, depois queixem-se,rsrs. Que Domingo faça um bonito dia de sol e bom fim de semana. Inté. L.F.

  4. Luis Furtado: É verdade que muitos louletanos andaram e passaram as «passinhas do Algarve» naquela malvada Guerra, aliás como todas. AInda conheci dois velhotes que andaram por lá. Mas naquela altura como era muito moço não tive descernimento para falar sobre o assunto. Hoje muita coisa se perguntaria e até… se gravava. Mas
    enfim…\\ Quanto à Mãe Soberana não sei se se conseguirão levá-la para a sua Casa, já que o tempo continua incerto. Mas até Domingo…\\ De tornados longe vá o agoiro…\\ E a sua mãe como tem passado últimamente ? Ain da está lúcida ? Abraço – Palma

  5. Como o Luis Furtado diz os homens têm tratado a Natureza muito mal e em especial os países mais desenvolvidos. Os milhões de carros que a todo o momento percorrem as estradas deste mundo poluindo o ar em cada segundo é um dos grandes males já não falando de dezenas de outros. Entretanto por cá o Sócrates é o paga tudo. Alguém tem de ser o bode espiatório do resto. Boa Festa. Gomes P. Ex. No.

  6. O kartódromo do parque de desportos motorizados de Portimão vai ser inaugurado no primeiro de Maio, segundo o jornal «barlavento» online.

    O circuito terá 112 versões diferentes, em função do tipo de utilização, sendo um dos maiores kartódromos da Europa e um dos poucos com zonas artificialmente molhadas.

    Desculpem a pergunta parva: Não era para ter sido construído em Boliqueime? Ou era um motódromo?

    Lançado por: José Carlos em 4/16/2010 03:4 no Calçadão de Quarteira.
    Estão a ver gente da Louletania. Como Portimão avança em cada dia ? Há anos que é assim. E por cá ?
    Já nem a sombra das árvores temos.
    Boa noite para todos.

  7. Palma; por aqui faz Sol… vou despacha-lo rapidamente por correio expresso para que chegue a tempo da festa,rsrs. \\\ Fui encontrar no baú um filme, (que ainda não visionei), e se bem me recordo passa pelo largo de S. Francisco, (antigo) até à Av. José da Costa Mealha… tudo de seguida através dos olhos do pendura… julgo ser um documento histórico por este percurso estar alterado… vou passa-lo para DVD e como música de fundo ponho uma marcha fúnebre,rsrs. \\\ A Mãe está acamada por lhe terem inchado os pés, de resto está bem encarada… como está a nossa amiga Liliana? Inté. L.F.

  8. Zeca: Acho que há uns anos atrás estava previsto para a zona de Boliqueime ou um autódromo ou um kartódromo. O que é certo é que nem uma coisa nem outra foi construída por aqui…. mas sim em Portimão. Coisas e loisas…. da vida. Bom fim de semana.

  9. Luis Furtado: Ahhhh com que então uma selecta e linda música de fundo para o percurso Largo de S. Francisco – Avenida…rss. De qualquer modo pode crer que já é um documento histórico. Quando conseguir passar para dvd gostaria de obter uma cópia pirata rss.\\ Por aqui hoje ainda não choveu embora esteja bastante acinzentado. Mas como não há sábado sem sol…. ele aí está …..\\ Pena que a sua mãe tenha esse problema de circulação (certamente).É que o andar é necessário….. Abraço – Palma

  10. LILIANA: Espero que tudo esteja bem consigo. Não tem aparecido o que não é obrigação mas esperoa que não seja por motivos de saúde. Um Bom domingo. Abraço – Palma

  11. Palma; ao visionar várias cassetes, o que eu fui descobrir… adivinhe só… um amigo em conversa amena com o Batista junto à estátua do Aleixo,rsrs… não está num grande plano mas dá para ver quem é. Na viagem até à Av. a música que acompanha as imagens é, o “silêncio é de ouro”, se fizesse hoje o mesmo trajecto, teria que pôr; o “silêncio no deserto é negro”,rsrs. Terei que completar o DVD com algo sobre Loulé, depois verei o quê. Inté. L.F.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *