José Vilhena lembrado em dia de eleições

Hoje, dia de irmos a votos, “ Louletania “ publica um cartoon dos idos tempos quentes da politica

portuguesa há algumas dezenas de anos atrás.

José Vilhena é o seu autor e é certamente dos mais conhecidos humoristas da escrita em português já que há mais de quarenta anos publica quer em livros quer em revistas, verdadeiras sátiras da Sociedade Portuguesa não escapando ninguém à sua pena de excelente criador amado por muitos e odiado por tantos outros.

Lembramos ainda que o autor JV edita há mais de trinta anos revistas totalmente de sua autoria já que é o mesmo que se encarrega de tudo

Palma

Cartoon: José Vilhena

 

17 comentários a “José Vilhena lembrado em dia de eleições

  1. Fui coleccionador até alguns anos atrás das suas revistas.É um homem com uma imaginação fenomenal. Na realidade ali n escapa ninguém à sua pena…lol. Um verdadeiro artista do humor.

  2. Este será o restaurante de Portugal?… se é, pergunta o empregado de mesa… Chefe, chegaram os Portugueses, que é que eu faço? Receba-os com amabilidade, sente-os à mesa, dei-lhes pão com azeitonas, eu depois trato do resto, pra falar prós Portugueses estou cá eu!!!,rrssss. Amanhã, é um novo, ou velho dia!! Inté. L.F.

  3. José Vilhena é um artista incompreendido por uma certa classe de m……..Penso que no seu género é único no nosso país. Neste dia de eleições é interessante olhar para os desenhos de outras épocas eleitorais.

  4. Já votei……….mas sei que vamos ter uma “Noite de Facas Longas”. Espero que JS não se demita, até encontrar no´vo Líder e que o PS, saiba ser oposição combativa!

  5. Olho por olho, dente por dente, demagogia ao desbarato, enfim um regabofe de dentes branquinhos e polidos à moda do Mercado dos passos lentos. –

  6. Nem mesmo no tempo do fascismo assistimos ao envolvimento dos grandes interesses empresariais na política como sucedeu nesta campanha, tudo começou com o empenho de Soares dos Santos na destruição de um governo legítimo e no linchamento de um partido democrático, depois foi uma procissão de interesses empresariais acabando com a participação de Belmiro de Azevedo numa arruada, ele a quem nunca tínhamos visto no meio da plebe.

    Os órgãos de comunicação social

    É difícil acreditar que o comportamento de algumas televisões e jornais resultasse da actuação espontânea dos seus jornalistas, tal coordenação só seria possível com estratégias decididas ao nível da direcção desses órgãos de comunicação social.

    Os líderes partidários

    Passos Coelho esteve ao seu melhor nível e Sócrates só nos últimos dois dias foi igual a si próprio.

    O Presidente da República

    Cavaco Silva não interveio tal como prometeu e realçou durante a campanha, o problema é que perante tentativas de boicotes de comícios deveria ter tomado posição apelando ao regular exercício da democracia. Porque ficou calado o Presidente da República?

    Tudo isto cheirou ao tempo da outra senhora … mas travestida.
    Não esqueceremos tão rápido a campanha em que o poder da Direita mostrou os dentes negros e cariados pela vingança.

  7. Grande José Vilhena. Gosto de gente assim mal amada e odiada pelo poder e pelas sacristias com cheiro a mofo. As verdades saem-lhe da boca e ninguém o pode incriminar por dizê-las.
    Oscar

  8. A jornalista católica de serviço à RR fez a pergunta mais vergonhosa da noite a José Sócrates. A vergonha desta gente deve ser igual ás fezes que deixam no wc. Há jornalistas que nunca deveriam lhes ser dada uma parede para escrever e tinha de ser bem longe dos humanos!

  9. Meu caro amigo Palma,

    Permita que use e abuse do seu espaço cibernético…um espaço de louletania e democracia!..

    Com a vitória eleitoral do PSD, Portugal vai iniciar uma caminhada a PASSOS largos para onde? A inexperiência do PC (Passos Coelho) aliada à força dominadora dos “barões” social-democratas deixa o meu País numa situação preocupante. Neste dia “AFTER” em que se procuram vencedores e derrotados, não tenho qualquer dúvida quanto à identidade do grande perdedor. Chama-se Portugal. José Sócrates, apesar de muitos erros cometidos, não deve ser “crucificado”. A sua determinação foi entendida como arrogância. O seu sentido de Estado foi confundido com falta de diálogo. Ele foi um RESISTENTE até ao momento em que o poderia ser. Lutou, lutou, lutou!…Sócrates é um homem de convições e de ação. E agora?? Vai iniciar-se um novo ciclo político em Portugal. Vamos ter novos governantes e, não menos importante, vamos ter uma nova oposição.Espero do PS uma oposiçaõ construtiva na defesa do progresso nacional.Quanto ao PSD/CDS, gostaria MUITO que não defraudassem as expectativas dos MUITOS portugueses que neles votaram. Os tempos são difícieis e não são consentâneos com amadorismos e jogos de interesses. Temos uma apertada vigilância externa e, estou convencido, uma não menos importante avaliação de mais de dez milhões de PORTUGUESES….

    A.Piçarra
    (português preocupado)

    .

  10. Quanto ao grande José Vilhena, apenas direi que prefiro uma GAIOLA ABERTA a uma GAIOLA DE LOUCAS….rsrsrrsr

  11. Meu caro Piçarra, grato por deixares aqui a tua opinião da qual também comungo, pois é lúcida e sem demagogias que nestas horas sempre surgem……\\ O sonho de S. Carneiro está concretizado. Um Presidente das Direitas (todas), um governo com direitas e extremas, os canais de TV e os jornais todos à disposição dessa tal Direita já que por mais esforço que faça não vejo no horizonte um meio de informação sequer que não esteja daquele lado. A minha esperança é muito reduzida. Mas temos de dar tempo ao tempo. Ele é que dirá o resultado desta omelete toda num só prato. Abraço António

  12. A lição

    José Sócrates fez o melhor discurso que um candidato derrotado já fez na história da democracia portuguesa, uma lição para o país que não ficou manchada por uma jornalista saída de uma sarjeta do Hotel Altis, uma ratazana que que simboliza muito bem algum jornalismo que se pratica em Portugal.

    O discurso de derrota de José Sócrates foi uma lição para o país e acima de tudo para Cavaco Silva, vale a pena rever este discurso e compará-lo com o discurso que Cavaco fez na noite que ganhou as eleições presidenciais.
    Retirado do Blog Jumento

  13. E que ratazana!……Os esgotos do ALTIS devem estar a precisar de uma urgente substituição..rsrsrrsr

  14. O António Piçarra tem razão. Aquela mulherzinha saíu não se sabe de onde, toda muito lampeira qual virgem pura…. e borra a cartada com uma pergunta de esgoto num momento em que o 1º Ministro se despedia de um período de governação dos mais difíceis que Portugal viveu nos últimos anos.

  15. Um óptimo humorista e artista e muito perseguido pelo antigo regime porque José Vilhena era um homem corajoso e a sua sátira era bem corrosiva para com os senhores que nos govervavam antes do 25 de Abril.

  16. Que esquecidas as eleições o PSD iria descobrir que enfrenta a maior crise financeira internacional de que os vivos têm memória já era sabido, terminado o estado de graça este será o argumento a usar para tudo justificar, começando pela receita mais radical do que a da troika defendida por Passos Coelho. Mas usar este argumento menos de vinte e quatro horas depois das eleições revela cinismo, falta de decoro e, acima de tudo isso, falta de inteligência.

    É por estas e por outras que quando Paula Teixeira da Cruz entrou no Liceu Camões acabadinha de chegar de Angola os seus colegas a atiraram com roupinha e tudo para dentro do tanque. Nesse tempo dizia pertencer à facção Nito Alves e os rapazes da extrema-direita, de que fazia parte o seu futuro marido, não gostaram da brincadeira. É uma pena que já seja uma senhora e não esteja em idade de ser atirada para o tanque, mas que com declarações destas é isso que merece, pelo menos em termos figurativos, lá isso merece.

    Lido no Jumento. Vale a pena passar por este interessante Blog politico.

  17. Esta Paulinha saíu-me uma bela encomenda. Vamos aturar isto por quatro anos ? Indelicadeza, sobranceria, vingança ? Brrr.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *