Letra K do nosso abecedário – Karateca Inês Sousa

DSCN2507

INÊS UMA LOULETANA CAMPEÃ

A jovem que hoje merece figurar na letra K do nosso Abecedário da Louletania, chama-se Inês Pintassilgo Santos Sousa e é uma karateca com muito talento e ambição.

Iniciou-se na modalidade quando tinha apenas nove anos e não mais parou tornando-se desde há alguns anos atrás uma verdadeira campeã da Terra de Loulé.

Apesar do seu metro e sessenta, Inês refere que nunca se sentiu inferiorizada perante algumas adversárias bem corpulentas que lhe surgem por vezes em campeonatos quer em Portugal quer no Estrangeiro.

Aos 19 anos conseguiu o título de Campeã Nacional de Karaté, tendo no seu palmarés muitos outros prémios dignos de nota, como o 5º lugar no Campeonato Mundial de Júniores, o 8º lugar no Campeonato Mundial de Séniores realizado em Tóquio, 7 vezes campeã Regional do Algarve, tendo ainda sido eleita “ Personalidade do Ano” juntamente com Nelson Évora e Vanessa Fernandes entre outros, em Novembro de 2008 na 13ª Gala do Desporto, evento anual promovido pela Confederação do Desporto de Portugal.

Apesar de todos estes títulos e os que abaixo descrevemos, podemos dizer que Inês Sousa

é uma humilde atleta muito conhecida no Mundo do Karaté, mas muito menos conhecida cá fora onde geralmente se fala e enaltece o futebol como se este fosse a única modalidade desportiva do Planeta.

Mas certo é, que a Inês com a ajuda do seu treinador João Lima, vão continuar a trabalhar árduamente como tem acontecido até à data , para alcançar outros triunfos que dignificam como sempre o Louletano Desportos Clube, a sua terra e porque não, todo o Algarve.

E para terminar e porque a Campeã é uma minha prima, muito querida, não posso deixar de lhe desejar com alguma emoção, que continue na senda do êxito com a persistência e a humildade que se lhe conhecem.

(Texto e foto: Palma)

Eis o extenso palmarés da nossa campeã :

2003
Campeã Regional  cadete, -55kg kumite
Vice campeã Nacional cadete, -55kg kumite

2004
Campeã Regional  júnior, -53kg kumite
Vice Campeã Nacional júnior, -53kg kumite
1º lugar – 7º campeonato Andaluz

2005
Campeã regional sénior, -53kg kumite
Campeã regional júnior, -53kg kumite
Vice Campeã nacional júnior, -53 kumite
1º lugar – 3º Torneio Internacional de VILLA DAS AVES / kumite equipa

2006
Campeã Regional sénior, -53kg kumite
3º lugar – Campeonato Nacional sénior, -53kg kumite
Campeã Regional júnior, -53kg kumite
Campeã Nacional júnior, -53kg kumite

2007
Campeã Regional sénior, -53kg kumite
3º lugar – Campeonato Nacional sénior, -53kg kumite
1º lugar – 8º Torneio Internacional da Cidade de Loulé kumite
5º lugar – 5º Campeonato Mundial júnior da
WKF (world karate federation) -53kg kumite

2008
2º lugar – 1º Torneio de Selecções Regionais / kumite equipa
1º lugar – 1º Open Internacional UNAM / kumite
Campeã Regional sénior -53kg kumite
2º lugar Campeonato Nacional sénior, -53kg kumite
participação no 43º Campeonato da Europa sénior – Estónia
2º lugar em equipas no Campeonato Vila das Dves / kumite
3º lugar equipas no XXV Troféu Internacional Oviedo / kumite
1º lugar open IV Torneio Internacional Portimão, +18 anos kumite
2º lugar equipas no XXXI Troféu Principado das Astúrias / kumite
participação no 19º Mundial de sénior
WKF – Japão
Prémio de mérito desportivo – personalidade/entidade do ano –
XIII Gala do desporto Estoril

2009
2º lugar equipas mistas kumite, XII Troféu internacional de karate (XI Memorial Ruben Sanches) -Madrid
Campeã Regional sénior -50kg kumite / Olhão
1º VI Open dos Campeões – Vila das Aves

Campeã Nacional de Sénior -50kg / Almerim

1º lugar. 2º open internacional UNAM. + 18 anos, -61kg kumite / Mafra
5º lugar. 10º open de Itália, Golden league / Monza

Participação no 44º Europeu sénior WKF – Croácia

27 comentários a “Letra K do nosso abecedário – Karateca Inês Sousa

  1. E eu Palma, a magicar qual o tema pra letra K… querem ver que vem aí a Klux Klux Klan… mas não, que pensamento, o Palma não iria lembrar tão “ilustre” organização,rsrs… ainda pensei no K que substitui o que na poupança, errado outra vez… eis que surge a Prima, (não a Vera), do Karaté, e se não for o Primo a falar dela, poucos saberão que temos aí uma grande Campeã. Os embates e as vitórias têm sido tantas, que a Inês Sousa começou a ser Campeã em 2003 com 55 K. e já vai nos 50 em 2009… diga à Prima para não emagrecer mais, senão é derrotada e vai ao ar num ápice,rsrs. só mais um reparo; no próximo embate, no aquecimento, que o faça com uma bola, pode ser que lhe dêem mais atenção,rsrs… os meus parabéns e que siga com a mesma determinação como até aqui honrando a modalidade que tanto gosta.\\\ Palma; o Júnior vai amanhã, Terça, almoçar à sede da tertúlia, levando consigo o prometido. Inté. L.F.

  2. Luis Furtado pode crer que se não fosse a minha prima a letra K tinha passado para trás porque não vejo nada cá pela louletania com tão ilustre letra rsss.\\ Os Klux Klan parece-me que já tiveram melhores dias não ? Oxalá.\\ A Inês não tem grande corpanzil não. Não sei como é que ela vence as «grandalhonas» rsss. O segredo é dela. e certamente do treinador. Amanhã passarei pela Tertulia para falar com o Júnior e…. obrigado. Até mais tarde Palma

  3. Loulé às vezes é uma terra cruel para com os seus. Mas se aparecer um barrabotas de fora até o deixam limpar os pés nos costados. Parabéns à Inês.

  4. … não é só Loulé cara Anita … mas não vamos falar mal, quando há tanta coisa boa pra comentar … eis aqui um bom exemplo! OH Palma!!!! então David não venceu Golias?! 🙂 conheci uma Inês Pintassilgo aí em Loulé, mas da minha idade … pois! Parabéns à Inês, que Deus a abençoe … e parabéns a Loulé que tem muitos filhos de quem se orgulhar.

    Uma muito boa semana e aquele abraço …

  5. Ah mê paii … Palma … não gosto nada do boneco que me calhou na rifa ehehehhehe

  6. Lila: Pois é a comida da minha vizinha é muito melhor do que a minha…. rs. Somos mesmo assim. No seu tempo de escola havia por aqui uma Inês Pintassilgo ? Mas era mesmo de Loulé ou de Salir ? A mãe da Inês também é Pintassilgo mas não é ela de certeza.\\ Quanto ao bonequinho que lhe saíu na rifa realmente não é nada simpático muito pelo contrário. Mas já agora… espreite os outros . Olhe que não ficam nada a a dever à beleza. Se eu fosse um craque nestas coisas de blogs colocaria apenas caras bonitas..rssss.Mas assim têm de se contentar com o que lhes é apresentado kkkkkk. Até depois. Palma

  7. A Inês é que era boa para dar um golpezinho naquele jornalista da TVI que falava porcamente em espanhol com o Rei Juan Carlos, quando este lhe falava em belíssimo português, até porque Sua Majestade viveu muitos anos em Portugal. Ai tvi tvi…

  8. Há realmente gente por aí que nunca ganharam uma medalha de chocolate e se armam em grandes stars enquanto outros têm um curriculo como a Inês e passa quase incógnita. Uma boa tarde para a Louletania. Bell

  9. Palma e demais amigos; em geral aplaudo o desporto de formação e competição, enquanto respeitadora da técnica e dos limites físicos de cada atleta. Em Loulé, surgem promissores atletas em diversas modalidades e apoiados pelas famílias, que se tornam júris da modalidade (muitas vezes) cimenta-se a secção do clube e organiza-se torneios e campeonatos, apoiam-se os atletas (na maior arte dos casos) ou justifica-se o “contrato-programa” (noutros casos). Situações existem na terra de diversidade de clubes para a mesma modalidade, resultando de independência em relação ao Clube grande primeiro, para dar trabalho a outro treinador depois… Nestes jogos são esquecidos os praticantes e são utilizados ou pais como influência e orgãos sociais. Rivalidades surgem por essa razão em modalidades cuja prática devia ser uma festa à saúde e à beleza…
    Desejo muitos títulos à Inês mas conquistados com seriedade e sem “aditivos”. Claro que lhe desejo juizes justos e treinadores empenhados!

  10. A Inês deve ser das atletas que lá vão subindo na carreira graças ao seu grande esforço , do seu treinador que foi sempre seu professor, à família e depois ao Clube. Mas nestas coisas há sempre o que o Professor Almeida diz que às vezes há rivalidades que tiram a alegria e a festa que deve ser o desporto. Mas e onde é que não há rivalidades neste mundo ? Até nas religiões!! Boa sorte para a Inês e para outros atletas que se esforçam por amor ao desporto.

  11. Pensava que não era encontrada qualquer alusão da Louletania na letra K e afinal apareceu. Vamos ver no W.. rss e no X.

  12. Imaginação não falta ao dono do blog!!! 🙂 … daí a certeza que não vai saltar as ditas … :))))

  13. Lila: Isso é o que vamos ver. kkk
    Acho que está dificil mas a meio de uma noite qualquer pode surgir uma …mas que é difícil é….
    Abraço para a capital do Reino dos Algarves e da Moirama como o nosso Luís Furtado gosta que lhe chamem. Palma

  14. Acho que a Inês tem de dar uns pares de açoites nestes malandros que não se entendem lol lol.
    O líder da distrital de Lisboa do PSD, Carlos Carreiras, considerou hoje que a lista de candidatos do partido proposta pela presidente social-democrata, Manuela Ferreira Leite «é altamente ofensiva e uma afronta à distrital de Lisboa».

  15. Vamos seguindo com atenção o desenrolar deste abecedário da nossa terra. E vamos tendo surpresas porque há coisas que não vinham à ideia. É evidente que há mais coisas para falar nalgumas letras já passadas.

  16. Não duvide Manoel de que nalgumas letras por que já passei tinha várias opções mas ficarão para outras voltas ao abecedário. Agora tentemos levar este ao fim com coisas e pessoas da nossa terra. Uma mais conhecidas do que outras mas todas daqui. Daqui deste lugar bem ao Sul. Boa noite a todos. E até depois. Palma

  17. A Louletanla e o abecedário. Palma; bem pode prescindir das letras W e Y que de momento não fazem parte do abecedário Português que só tem 23 letras. O K, a gente perdoa porque foi em boa hora para louvar os feitos da Campeã do Caraté sem K,rsrs… perguntarão… e o novo acordo ortográfico? Tudo bem, mas deixem lá isso para as novas gerações que os “cotas” têm mais em que pensar e a gente entende-se,rsrs. “Daqui deste lugar bem ao Sul”, fez-me lembrar o Rafael Correia no programa, “Lugar ao Sul”. Quando o escutava, batia-me cá uma saudade do meu Algarve!… Uma das vezes entrevistou o nosso amigo Batista, (sem p), falando de como funcionava uma olaria… foi um diálogo interessante.\\\ O Jr. também leva elementos para a Rosário que o amigo Almeida fará o favor de lhe entregar e, desculpem lá qualquer coisinha,rsrs. Inté. L.F.

  18. Luis: Um belo programa esse do Rafael Correia, “Lugar ao SUl” . Quase se sente o cheiro e o sabor de certas coisas.\\ Tem razão o Y e o W não vão entrar a nao ser que apareça por aqui algum artista ou desportista local com nome de Walter ou Yuri rsss.\\ O nosso amigo Baptista ainda foi entrevistado pelo Rafael Correia….. não sabia.\\ Passasrei pelo lugar da Tertilia para me encontrar com o Jr. Abraço – Palma

  19. Palma; isso deve ser da fraqueza… com um bom almocinho e um bom tintinho, isso passa,rsrs. Inté. L.F.

  20. Luis Furtado: Vim agora (mas já sem fraqueza rsss) do cantinho da Tertúlia. O Júnior já chegou. Está bem de saúde e trouxe a encomenda que já está nas minhas mãos. Iso parece o Mistério da Serra de Sintra…. kkk mas é de Loulé porque a humidade de Sintra
    faz mal à bronquite embora seja um local muito bonito..rs. Abraço – Palma

  21. Não tenham dúvidas de que o futebol é que é olhado como o pai do desporto. E não é preciso ir mais longe. Basta olhar para esta terra cinzenta apesar da festança e os balhos.Parabéns à Inês.

  22. Palma; com fra(n)queza ou sem, tenho uma novidade para lhe dar… há dias tinha-me perguntado quem entrava na Revista, e, fraqueza das franquezas uma das “vedetas” é Merche Romero ao lado de Vera Mónica e do Heitor Lourenço… como a revista é para rir pode ser que resulte,rsss. Um outro desporto que não o karaté, é começar uma volta a Portugal em plena Av. da Liberdade num dia de semana. Com franqueza, se fosse uma prova de Karaté ao ar livre, não interditavam o trânsito o dia todo,rsrs. Em outros Países, começam e acabam ao fim de semana. Ai ai, “bicicletas” a quanto obrigas. Inté. L.F.

  23. Luís: Boas malhas ….rsssss. A Merche pode ser que tenha aprendido algum humor por onde tem andado….. E a volta a Portugal é bem verdade que poderia começar ao fim de semana e até teria certamente mais público. Mistérios! Já estive a ver os quadros que são bem bonitos por sinal. Aguardemos pelo resto. A que horas entrarão os carros para o recinto ? Cá foram tiram-se melhores fotos. Por acaso o amigo não está informado ? Até depois. Palma

  24. Estou sim senhor. Entre as 17,30 e as 18 h., passarão junto à Fonte dos “bailarinos dançando”\\\ Dos quadros do catálogo, só me resta a satisfação de os ver impressos… o “Adamastor” e “Gente do Mar”, estão algures em França.\\ A Merche não tem uma voz límpida para palco… quem se vai fartar de rir sou eu,rsss. E ontem o nosso verde?… foge, tenho que dar os parabéns ao vizinho Patrício mesmo só com meio golo. Inté. L.F.

  25. Luis: Obrigado pela informação. Estarei lá para vê-los passar se Deus quiser e a policia deixar rsss.\\ Então o Adamastor foi parar a França ? \\ Não me fale no verde que eu já estou a ficar verdoso antes de começar o campeonato.\\ Está visto que o seu vizinho Patrício é fã da Águia não ? Abraço – Palma

  26. Passem pelo Quiosque da Camila. Há lá um concurso de frases para uma fotografia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *