Marcelino Pão e Vinho

Há muito que procurava entre os milhares de filmes existentes nas lojas da especialidade, um filme que me marcou em menino, tal como aconteceu com milhões de outras crianças por esse mundo fora. Chama-se “ Marcelino Pão e Vinho” e foi realizado em Espanha por Ladislao Vajda em 1955 e teve como principal intérprete Pablito Calvo. Durante anos, o filme correu nos cinemas do mundo inteiro e foi um dos filmes espanhóis mais vistos de sempre. Aplaudido no Festival de Cannes, onde recebeu uma Menção Honrosa e vencedor do Urso de Prata no Festival de Berlim, Marcelino Pão & Vinho é um clássico inesquecível.

******

“A inocência, a curiosidade, a pureza da alma de uma criança estão eternizadas nesta moderna fábula, já publicada em 26 idiomas, em mais de cem países, como uma verdadeira lição de amor e poesia a este mundo tão conturbado pelo ódio e pela violência.

A comovente história do recém-nascido deixado à porta de um paupérrimo convento de frades franciscanos na Espanha e sua conseqüente adopção pelos religiosos, sua vida de menino, com sentimentos e acções iguais aos de qualquer criança. Suas pequenas crueldades com os animais, travessuras e questionamentos, sua ansiosa busca do desconhecido; seu crescimento interior e sua grande viagem… Tudo isso é mostrado de maneira singela envolvente para que cada um se surpreenda ao encontrar um pouco do menino Marcelino e seu amigo Manuel na criança que cada um tem dentro de si” (In Scribd – Foto Net)

16 comentários a “Marcelino Pão e Vinho

  1. Luísa, passaram muitos anos sobre esta época. É verdade que a nossa visão dos filmes quando tínhamos 6 ou 7 anos é completamente diferente da de hoje mas na verdade este é um clássico do cinema europeu. Ainda o vejo hoje com alguma emoção. Abraço Palma

  2. Rsss Palma; eu era um pouco mais velho e lembro-me perfeitamente deste filme por ter feito um pequeno cartaz, (A 3), para o cinema cá do bairro… mas isso foi ontem, e foi verdade,rsss. Por falar do passado, lembra-se da rua “serradinho”? Logo ponho quadro pintado em 87 no sítio do costume. Inté. L.F.

  3. Lembro-me de ter visto esse filme mais de que uma vez. Nessa época um filme normal só permanecia um dia em cartaz. Normalmente ao fim-de-semana. Mas quando o êxito (de bilheteira…) era grande o filme era exibido ao longo de toda a semana. E mais tarde o filme retornava à sala de cinema para novas exibições. Mas confesso que só ficou na minha memória o nome do filme e já não me lembrava, em absoluto, do enredo. A síntese publicada avivou um pouco a minha memória.

  4. Luís Furtado: O Marcelino Pão e vinho era um filme que para a altura encantava a miudagem e os adultos. E o interessante é que as gerações passadas não esqueceram. Bem vistas as coisas eram os tempos da infância e para essa altura época de quase nada era fácil qualquer coisa bonitinha ficar na memória. Mais logo lá estarei para ver o Serradinho de 1987 no face book. Convidam-se desde já os amigos para mais este quadro do Luís Furtado. Bom domingo. Palma

  5. Jorge: Para dizer a verdade as imagens que guardei na mente eram coisa muito ténue…. já que ao rever o filme agora a maioria delas não me dizia nada. Já passaram uns anitos…..rs
    Abraço – Palma

  6. Boas!!E o que o filme nos fazia chorar!!! lembro-me bastante bem Palma . Tempos em que tudo isto era novidade e nos fazia sonhar.

    Bem lembrado!!! continuo aqui com isto por alinhar ai, ai … o moço não veio … tou escrevendo sem ler metade … mas é sempre com muito carinho que passo pela Louletania, ou não fosse praticamente a minha 1ª casa ehehehhhe

    Uma muito boa semana!

  7. Cara Liliana: É sempre um prazer receber a sua visita nesta saleta que se quer de amizade incluindo os desconhecidos. Na verdade naquele tempo qualquer filme deste tipo puxava à lagriminha. E até sabia bem….. Se quiser, um dia destes empresto-lhe o dito Marcelino para matar saudades. \\ Espero que a Central computorizada que aí tem… rssss se recomponha depressa antes que venha outro Pec heehehe !!!

  8. É verdadeiramente um clássico do cinema espanhol num lindissimo preto e branco. Pepe

  9. É verdade que é um pouco esquisito que este filme não passe na TV. Há filmes que são repetidos dezenas de vezes e este não me recordo de alguma vez o ter visto no pequeno écran. Juju

  10. Juju: Tem razão . Também eu não me recordo de o ter visto o Marcelino Pão e Vinho em qualquer canal. Acontece isso com uma série de bons filmes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *