Morreu José Baptista (Jobat )

JOBAT foto Capa Ulisses Col Condor

João José André Baptista, conhecido no mundo da BD como José Baptista ou Jobat, nasceu a 18 de Dezembro de 1935, em Loulé.

Como tantos outros autores da sua geração, frequentou a Escola António Arroio, em Lisboa, onde tirou o Curso de Desenhador-Litógrafo.

Fez carreira na Agência Portuguesa de Revistas, onde paginou, legendou, remontou e retocou imagens durante muitos anos nas diferentes publicações da editora. Fez também capas, colecções de cromos e ilustrações para livros da APR.

A sua primeira banda desenhada foi a adaptação do épico filme italiano “Ulisses” (protagonizado por Kirk Douglas, Silvana Mangano e Anthony Quinn). Foi publicada, em 1956, na Colecção Condor (6.º volume, fascículo 57), tendo, em 2004, sido recuperada e publicada, em pranchas semanais, n’ O Louletano e reeditada em formato de fanzine, em 2005, na Colecção Cadernos Moura BD (edição da Câmara Municipal de Moura).

Realizou também “A Conquista de Lisboa”, “O Voto de Afonso Domingues” e “Luís Vilar” (2 episódios).

Nos anos 70, fez parte da equipa (chegou a ser director) do “Jornal do Cuto”, onde ilustrou contos de Raul Correia, desenhou capas e publicou “Trinca-Fortes”, uma história curta sobre a vida de Camões. Nesta fase começou a utilizar o pseudónimo “Jobat”.

Mais tarde, e já com texto de Michel Gérac, voltou ao tema e trabalhou em quatro dezenas de pranchas “A Vida Apaixonada e Apaixonante de Camões”, que publicaria no Diário Popular, e num álbum em língua francesa.

Desenhou depois, para Inglaterra, uma série de histórias sobre a II Guerra Mundial.

Em 1975 iniciou a publicação, no Diário Popular, da série, em tiras, “Requiem para uma Ditadura”, que ficaria incompleta até hoje.

Deixou-nos na sexta-feira, aos 77 anos, vítima de doença prolongada. Que descanse em paz!

 

Dados biográficos retirados, com a devida vénia, do Dicionário de Autores Portugueses de Banda Desenhada e Cartoon em Portugal, de Leonardo De Sá e António Dias de Deus, Edições Época de Ouro (1999)

– Agradecimentos ao Blog http://bloguedebd.blogspot.pt/ nesta sua e agora nossa homenagem ao artista louletano. Que descanse em Paz.

9 comentários a “Morreu José Baptista (Jobat )

  1. Quando morre um grande artista o mundo fica mais pobre. QAue descanse em paz a alma de Jobat.

  2. Tenho de procurar nos alfarrabistas livros dessa época de BD. Alguém sabe onde podem existir ?

  3. Sou um amante de BD e gostaria também de conhecer algumas obras do Jobat.

  4. A Banda desenhada é uma arte com muitos admiradores por esse mundo fora. Felizmente em Portugal lá se vai mantendo o número de admiradores.

  5. O Batista é um rapaz que só fez banda desenhada muito depois de eu me ter ido embora. Só vi umas páginas do Batista, umas coisas que ele me mostrou, um trabalho que estava a fazer para Inglaterra. Portanto, eu posso apenas dizer que é um rapaz de talento e que tem um longo futuro à frente dele, até porque já fez aquilo que todos os que querem fazer banda desenhada devem fazer,que é, dirigir-se a editores estrangeiros.
    Entrevista com Vítor Peon
    http://www.interdinamica.pt/artes/fan/x18yv170w.htm

  6. However, if you are allergic to seafood then don’t use this supplement.
    To begin, stand on the Wii Fit board and raise one leg in front of you.
    Not only will you lose belly fat by following the points listed here but within a
    short time you will have impressive Abs to show
    off.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *