O Homem ….esse racional !!

Matar uma ursa com filhotes de menos de um ano e em período de hibernação é ilegal, mas na Rússia são muitos os caçadores que fazem vista grossa à lei e, na prática, mais de 3500 crias ficam orfãs anualmente e acabam por morrer à fome.
Muitos desses caçadores são políticos e empresários dispostos a pagar fortunas pelo desafio de matarem ursos pardos e negros na Sibéria e na península de Kamchatka, levando depois para casa imponentes troféus. O International Fund for Animals Welfar considera a prática de caçar ursos «enquanto estão a hibernar, assassínio a sangue frio», mas, apesar de os animais serem cada vez mais raros, o governo russo aprovou uma lei que permite aos caçadores matar também as crias sempre que caçarem uma fêmea com filhos.

Fonte : A.P. / Diário.N. s. – Foto: Net

5 comentários a “O Homem ….esse racional !!

  1. Afinal os irracionais neste caso são os pulhas que fazem troféus dos bichos que vivem por direito natural no seu habitat, violado constantemnete por energumenos, politicos e empresários como dia a noticia. Um nojo. Viró

  2. Quero deixar um apelo: não use peles de animais, se pretende obter esse efeito, use peles sintéticas, como as utilizadas por vários designers de moda de renome internacional, evita a chacina de tão belos animais como a raposa e não gasta verdadeiras fortunas por casacos que julga ser de pele de raposa e tratam-se de casacos de pele de gato tingida de castanho. Eu pessoalmente prefiro os anoraks… se prefere os casacos de pele, imagine os bichinhos mortos a sangue frio e se lhe custa separa do vison, pense que as peles estão fora de moda.

  3. Lindos bichos. Que pena os homens os tratarem tão mal. Abaixo a tortura dos animais !

  4. O homem, esse barbaro animal” por Pilar Rahola

    Os que somos anti-taurinos, e que vemos nessa festa uma paradigma da crueldade, nao so pela tortura do animal, mas sim pelo seu unico objectivo, que e gozar com ele, estamos sempre a ser confrontados com a literatura e arte, dos amantes desta festa. Lançam sempre a cara, Hemingway como se este por mais bom escritor, nao podesse ser tambem um barbaro. Sempre pensei que estas argumentaçoes, correspondiam a debilidade de argumentaçao de quem defende o indefendivel.
    No mundo ha os que se preocupam pela morte e a tortura gratuita de animais indefesos. E digo no mundo, porque a indiferença da Espanha em relaçao a morte de milhentas focas no Canada. e-me muito dolorosa. Com excepçao do jornal EL PERIÓDICO e de TV-3, mais nenhum jornal ou intelectual se manifestou. Como nao nasci ontem, na luta pelos animais, nao me surpreendeu. Se a indiferença e uma forma de violencia, sem duvida Espanha resulta de um pais muito violento para com os animais.
    Começou a festa do sangue. A biologa Nuria Quero, presa em Milao por ter protestado em frente da loja de D&G, Versace e Prada (Compradores de peles de foca do Canada), assim o afirma: “A caça comercial de focas no Canada e a maior e mais cruel matança de mamiferos marinhos , na terra”. Os bebes foca sao em media 95% da matança devido a sua pele ser mais branca. Abatidos pela cabeça com um arpao que utilizam para romper o gelo, retiram a pele com eles ainda vivos, em 40% dos casos.
    Com esta paisagem ensanguentada, faço 2 perguntas:
    1- As mulheres que usam essas peles sentem-se mais belas? A crueldade e a morte , da beleza?
    So mesmo uma pessoa muito vazia perante a dor pode olhar-se ao espelho e sentir-se bem.
    Que D&G sejam grandes criadores de moda, mas se esta moda e de sofrimento e dor, entao e uma moda da idade das cavernas.
    2- A 2ª pergunta e para as pessoas do meu pais , incluindo os partidos ecologistas, pois e muito mais facil falar da agua do que dos direitos dos animais. Porque estes nao dao votos. Total silencio por parte dos politicos e intelectuais. No entanto ha que dizer a todos os que se calam, que estao longe das correntes modernas do pensamento, e que hoje nao se concebe um compromisso sem uma luta contra a tortura e a morte dos animais.
    Mais de meio milhao de focas morreram graças a um governo, aos caçadores, a ganancia de grandes marcas da moda e da nossa total indiferença
    Pilar Rahola
    http://www.pilarrahola.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *