OS CIGARROS DOS NOSSOS PAIS E AVÓS

Foto-0060 100 200

Quando era criança um dos recados que me pediam para fazer quase diáriamente era passar pela taberna à esquina da minha rua e comprar para o meu avô,Onças de Tabaco Duque (para enrolar) e para o meu pai os maços de “ Definitivos “. Os mais baratos eram os chamados de Mata Ratos. Os cigarros “ Provisórios “ e “ Definitivos”custavam o mesmo preço. Ambas as marcas vendiam-se

em maços semelhantes, de dois tamanhos; o pequeno, de 12 cigarros, que custavam 8 tostões e o grande de 24 cigarros, que custava 12 tostões.

Eis algumas das marcas daquele tempo e que hoje já não se produzem: Sintra, Provisórios, Cuf, Benfica, Hight-Life, Kart, Paris e as não menos célebres Onças Duque, entre outras.

Fonte: “ Memórias e outras coisas “

º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º º

Os principais malefícios à saúde relacionados com o tabagismo referem-se às doenças do sistema cardiovascular, sendo o tabagismo um fator de risco importante para enfarte deo miocárdio (ataque cardíaco), doenças do trato respiratório como a doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC) e efisema, e cancro, particularmente cancro de pulmão e cancro da laringe e boca. Antes da Primeira Guerra Mundial, o cancro de pulmão era considerado uma doença rara, a qual a maioria dos médicos poderia jamais ver durante a sua carreira profissional. Com o crescimento da popularidade do tabagismo após a guerra, houve um aumento epidêmico de cancro de pulmão.

A incidência de impotência sexuall é aproximadamente 85% maior em fumantes masculinos do que em não fumantes e é uma causa importante da disfunção eréctil e leva à impotência por causar o estreitamento das artérias do pénis e do corpo.

Fonte: Wikipédia – “ O tabagismo e a saúde “

A.C.

 (Fotos: Net )

5 comentários a “OS CIGARROS DOS NOSSOS PAIS E AVÓS

  1. QUantos comprei para o meu avôzinho. O tabaquinho era a sua alkegria. Como lhe retirar tal coisa depois de dezernas de anos a fumar ? Beta

  2. Todos nós os de uma geração mais antiga comprámos os tais cigarritos para os familiares que nos pediam. ALguns de nós acabámos por experimentar e outros safaram-se e fizeram muito bem. Almada

  3. Naquele tempo não se falava dos perigos do tabaco. De lá até aqui muitos morreram devido a eese vício terrível. Milo

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *