OS FERREIROS EM EXTINÇÃO……

Em Loulé e noutras terras algarvias houve em tempos gente de cujas mãos saíam obras de arte trabalhadas em ferro. Os ferreiros trabalhavam o ferro com mestria ancestral mas porque os tempos estão em constante mudança também eles foram fustigados por esses ventos.

Muito poucos serão os que ainda vão mantendo actividade. As grandes superfícies encarregaram-se de levar a casa do freguês as grades que ele precisa para embelezar a sua casa mas em aluminio sem graça nem beleza.

Do Blog “Xuxudidi” transcrevo um pequenino texto em que a autora vibra com a chegada a sua casa de um trabalho perfeito de ferreiro, dos tais que trabalhavam o ferro com arte.

“” Posso afirmar que desde o primeiro contacto até à sua instalação, o projecto de ter grades no sobrado durou um ano. No dia 1 de Maio, o ferreiro veio montar uma das duas grades, já que a segunda não coube à primeira!
O projecto com as grades era recuperar os materiais da região. Baseada na ideia das camas de ferro, usando estructuras, formas próprias daqui.
Pelo desinteresse e falta de procura, há profissões que vão morrendo. E a do ferreiro não morre, mas está moribunda. “”

 

Fonte : gentileza de http://xuxudidi.wordpress.com/2012/05/04/um-ano-depois/#more-3843

 

6 comentários a “OS FERREIROS EM EXTINÇÃO……

  1. Tem razão quem assim escreveu. Os ferreiros estão desaparecendo, desaparecendo com eles essa arte possivelmente milenar. Que pena. Aqui em Loulé conheci alguns que infelizmente já n~ºao fazem parte do número dos vivos.

  2. Que pena haver tão poucos aprendizes desta arte. Desta nobre arte. Quando vou à Andaluzia fico encantado com os trabalhos em ferro que por ali existem nos largos, ruas e igrejas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *