Poetas algarvios – João de Deus

Miséria

Era já noite cerrada,
Diz o filho: “Oh minha mãe,
Debaixo d’aquella arcada
Passava-se a noite bem!”

A cega, que todo o dia
Tinha levado a andar,
A taes palavras do guia
Sentiu-se reanimar.

Mas saltam dois cães de gado,
Que eram como dois leões:
Tinha-os à porta o Morgado
Para o guardar dos ladrões.

Tornam os pobres à estrada,
E aonde haviam de ir dar?
Ao palácio da tapada
Onde el-rei ia caçar.

À ceguinha meia morta
Torna o filho: “Oh minha mãe,
Ali no vão de uma porta
Passava-se a noite bem!”

– Se os cães deixarem… (diz ella,
A triste n’um riso amargo),
Com effeito a sentinela:
– “Quem vem lá?… Passe de largo!”

Então ceguinha e filhinho,
Vendo a sua esperança vã,
Deitaram-se ali no caminho
Até romper a manhã!…

João de Deus.(1830-1896) \ Nascido no ano de 1830 em São Bartolomeu de Messines, Algarve, foi advogado e jornalista. O seu lirismo é simples e terno, com grande profundidade emocional e muitas vezes melancólico. João de Deus foi um dos grandes amigos e admiradores de Antero de Quental.

Em 1893 publicou a colectânea poética Campo de Flores, incluindo-se nesta, duas obras anteriores: Flores do Campo e Folhas Soltas. Dedicou-se também à pedagogia, campo em que publicou em 1876 a Cartilha Maternal, tendo como fim o ensino da leitura às crianças. Faleceu em 1896.
( In Rua da Poesia – Retrato de João de Deus -autor desconhecido (Pastor ? )

 

6 comentários a “Poetas algarvios – João de Deus

  1. Gosto do lirismo e sentimentalismo dessa época. A vida devia ser muito, muito difícil. Boa escolha ara mais um poeta cá do nosso Algarve. Fernanda

  2. Os meus pais aprenderam a ler pela Cartilha Maternal idealizada por este senhor. Merece homenagem. Gil Eanis

  3. UM pouco esquecido hoje, este homem foi o responsável pela aprendizagem das primeiras letras de inúmeros portugueses. Obrigado João de Deus. Bertine

  4. Tenho religiosamente guardada a cartilha maternal da minha avó. Bonito post para quem conheça ou não o João de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *