Quem é Jirí Kylián ?

JIRÍ KYLIÁN nasceu em Praga, República Checa, no ano de 1947. Começou os estudos de dança, aos nove anos, na Escola de Ballet do Teatro Nacional de Praga e prosseguiu-os no Conservatório daquela cidade e na Royal Ballet School, em Londres. John Cranko, director do Stuttgart Ballet, ofereceu-lhe um contrato como bailarino e encorajou a sua ambição de coreografar. Paradox foi a sua primeira coreografia, tendo posteriormente coreografado por diversas vezes para o Stuttgart Ballet. Em 1973 criou Viewers para o Nederlands Dans Theater. Este trabalho marca o início de uma relação artística com esta companhia holandesa que dirigiu artisticamente entre 1975 e 1999, e que resultou na criação, até à data, de mais de cinquenta bailados. A sua visão artística e a imagem do Nederlands Dans Theater misturam-se numa simbiose única. A par da direcção artística do mundialmente famoso grupo principal – NDT 1 – Kylián foi o responsável pela criação da jovem e experimental companhia com bailarinos entre os 17 e 22 anos – NDT 2 – e do grupo de experientes bailarinos/intérpretes com idades superiores a 40 anos – NDT 3. Cada um possui o seu próprio repertório reflectindo as qualidades específicas de um período exacto da vida – ”Três dimensões da vida de um bailarino”, nas suas palavras. Apesar de ter cessado as funções como director artístico, Kylián mantém uma estreita ligação com o Nederlands Dans Theater, enquanto coreógrafo residente e consultor artístico. As coreografias de Jirí Kylián revelam concepções artísticas e estilos muito diversos, tendo sempre em comum um cariz muito pessoal onde desafiando o académico combina elementos de variadas origens. Existem sempre novas inspirações a explorar, novos desafios para enfrentar e limites a superar. Profundamente baseado nas partituras musicais o seu trabalho parece desvendar traços ocultos da nossa existência, através da sua dança. Para além de Falling Angels o Ballet Gulbenkian já dançou as seguintes obras de Jirí Kylián: Sinfonia em Ré, Regresso a uma Terra Estranha, Nuages, Noite Transfigurada, Seis Danças e Stamping Ground.

Fonte: www.musica.gulbenkian.pt

2 comentários a “Quem é Jirí Kylián ?

  1. Sempre gostei de ballett moderno e hoje com 30 anos tenho bastante pena de não ter tentado essa arte, até porque por cá não havia grandes possibilidades.
    A Dança Moderna apareceu no início do século XX quebrando com a rigidez técnica do ballet clássico, pois seus precursores procuravam maneiras mais modernas e pessoais de expressar idéias através da dança.

    Mais do que uma nova técnica, o Ballet Moderno foi um marco para a história da dança, foi um divisor de águas. Entre os grandes nomes do movimento, estão: Isadora Duncan, Ruth St. Denis, Emilie Jacques-Dalcroze, Rudolf Von Laban, Ted Sahwn e Martha Graham. Alguns desses nomes também ficaram bem conhecidos pois abriram renomadas escolas e criaram suas próprias Cias de Dança com com movimentações corporais harmônicas e bem assimétricas. Iris

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *