Uma grande prenda de Natal

Apesar de a ter recebido quando tinha doze anos, recordo-me como se fosse hoje.
Era uma caixa de cartão sem os invólucros espectaculares das prendas de agora.
Por fora podia ler-se: “ Cinette –Eclair “ – 8mm..
Assim chegava às minhas mãos a prenda que eu julgava impossível naquele tempo. Uma pequena máquina de projectar filmes de 8mm. Com a sua manivela, podíamos regular a velocidade de andamento dos actores projectados num lençol pendurado entre duas portas. Esse écran improvisado em tecido de lençol, tinha para mim muito mais importância que o do Cine-Teatro –Louletano . Este, era meu e podia a qualquer hora do dia ou da noite ver à minha maneira, sózinho ou com os amigos , os cinco ou seis filmes que faziam parte da minha cinemateca. Um luxo.
Escusado será dizer que a velha máquina que hoje aqui apresento é uma das mais gratas recordações de Natal da minha infância. Com ela fiz possivelmente milhares de projecções e sempre com o encantamento próprio de quem tem nas mãos um objecto maravilhoso.
E o meu pai que na altura adorava ir ao cinema e que tinha sido o autor da oferta, por sugestão de um amigo louletano, o José Mariano que hoje é profissional destas artes, na Austrália onde reside, também ele se sentia fascinado pela facilidade com que a 7 ª Arte nos tinha entrado portas adentro.

 

Foto: Máquina de projectar com manivela com o nome de “ Cinette Eclair – 8 mm.

 

5 comentários a “Uma grande prenda de Natal

  1. O cinema sempre foi uma arte que conquistou multidões. No meu tempo apenas comprava umas fitinhas que se via através de um óculo e que eram vendidas nas feiras.

  2. Ainda tenho uma vaga ideia do Mariano dos filmes. O homem que em Loulé era um entusiasta do cinema amador e que fazia o que nenhum de nós tinha qualquer jeito ou mesmo possibilidade. Era um tempo de ignorancia quase total pois poucos eram os que tinham alguma coisa de especial. Mas lembremo-nos das coisas boas e deixemos as outras bem lá atrás. Um Bom Ano para todos.

  3. Votos de um Bom Ano de 2012 e que artes por Loulé floresçam principalmente o teatro. Tony

  4. Bela maquineta de projectar. Deve ser praticamente um brinquedo, mas para a época, faço ideia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *