Vamos ouvir José Mário Branco

Foi um sucesso o espectáculo que José Mário Branco, Sergio Godinho e Fausto puseram em palco no Campo Pequeno em Lisboa e que esperamos também que passe pelo Algarve. O espectáculo “ Três Cantos” junta estes três intérpretes e autores cujas carreiras e percurso de vida se cruzam e revelam afinidades , quer musicalmente que em termos poéticos.

Qualquer destes três intérpretes já passaram por Loulé há mais de dez anos por ocasião das comemorações do 25 de Abril que nessa altura tinham gande brilhantismo na nossa cidade.

Lembramos hoje aqui o “ Fado da Tristeza “ cantado pelo seu autor José Mário Branco.

7 comentários a “Vamos ouvir José Mário Branco

  1. José Mário Branco é um dos grandes cantores de texto portugueses de sempre. A sua voz começa a envelhecer mas ainda se pode ouvir com grande atenção.

  2. Ainda me recordo do espectáculo dele na Escola Secundária de Loulé porque a Câmara nessa altura psd não disponibilizou o Cine Teatro Louletano. Foi fantastico, aliás porque ainda não tínhamos ouvido em Loulé esse cantor e outros que depois se seguiram.

  3. Seria muito bom que o espectaculo d Zé Mario Fausto e Godinho viesse ao Algarve. Deve ser coisa cara para ir só a Lisboa e Porto.
    Mica

  4. Das muitas letras de que gosto de José Mário Branco deixo-vos esta.
    Perfilados De Medo
    José Mário Branco
    Composição: José Mário Branco

    Perfilados de medo, agradecemos
    o medo que nos salva da loucura.
    Decisão e coragem valem menos
    E a vida sem viver é mais segura.

    Aventureiros já sem aventura,
    perfilados de medo combatemos
    irónicos fantasmas à procura
    do que não fomos, do que não seremos.

    Perfilados de medo, sem mais voz,
    o coração nos dentes oprimido,
    os loucos, os fantasmas somos nós.

    Rebanho pelo medo perseguido,
    já vivemos tão juntos e tão sós
    que da vida perdemos o sentido…

  5. Fui hoje ver a exposição de aguarelas e óleos do Luis Furtado de que aqui se tem falado. Gostei do que vi no geral embora o tema das aguarelas me parecesse um pouco demais. São muitos quadros
    muito parecidos. Gosto mais de ver temas diferentes. É o meu sentir. De qualquer modo parabéns ao pintor. Ana Maria

  6. Cheguei aqui através do “Delito de Opinião” – um blogue que acompanho – hoje fez referência ao vosso/seu blogue, parabéns do pouco que ainda li gostei. Agora só gostaria de dizer ao comentador Temporal que a letra de : “Perfilados do Medo” é um poema do grande poeta Alexandre O´Neil, não que o José Mário Branco não tenha belíssimas letras nas suas canções mas o seu a seu dono:))

  7. Só tenho a agradecer à Maria por ter
    informado do verdadeiro autor dos Perfilados do Medo o Alexandre O’Neil. Como ela diz o seu a seu dono e o amigo Temporal se por acaso voltar atrás ficará assim informado desse pormenor. Um obrigado e apareça sempre -Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *