Visita guiada ao Museu de Sherlock Holmes

Para os nossos leitores amantes dos livros ou filmes de Sherlock Holmes, existe agora um site “ www.sherlock-holmes.co.uk/ “ que proporciona uma visita guiada ao museu, através de um pequeno vídeo. Para assistir, basta clicar em “Museum Tour”. O museu fica situado na cidade de Londres, naquela que é considerada a rua mais famosa do mundo, na Baker Street.

A casa do detective britânico foi utilizada pela última vez em 1936, como estalagem, mas o primeiro andar, com vista para Baker Street, ainda é mantido como se encontrava na época vitoriana.

Já por lá passámos duas vezes e na verdade existe sempre uma fila de visitantes que não deixa de subir ao primeiro andar para tirar umas fotos junto do cenário, milhares de vezes retratado nos livros vendidos aos milhões por esse mundo fora.

No rés do chão existe uma loja de recordações onde se podem adquirir inúmeros objectos /lembranças daquele famoso local londrino .

Merece uma visita e é muito fácil a sua localização.

Fonte: D.N. Revista – Imagem : Palma -Louletania –

7 comentários a “Visita guiada ao Museu de Sherlock Holmes

  1. Para quem admira o Mr Sherlock aqui ficam alguns elementos tirados da Wikipedia: Boas leituras.
    “Segundo Conan Doyle, Sherlock Holmes viveu em Londres, num apartamento na 221B Baker Street, entre os anos 1881 e 1903, durante o último período da época Victoriana, onde passou muitos anos na companhia do seu amigo e colega, Dr. Watson. Hoje esse endereço é um museu dedicado a Sherlock Holmes.

    Sherlock Holmes descreve-se como um “detetive consultor”, o que significa que as pessoas vêm-lhe pedir conselhos sobre os seus problemas, ao invés de se dirigir a elas. Doyle conta-nos que Holmes é capaz de resolver os problemas a ele propostos sem sair do seu apartamento, apesar de este não ser o caso em diversas de suas mais interessantes histórias, que requerem a sua presença in situ. A sua especialidade é resolver enigmas singulares, que deixam a polícia desnorteada, usando a sua extrema faculdade de observação e dedução.

    Holmes demonstra, ao longo das suas histórias, uma capacidade de dedução e um senso de observação impressionantes, ajudados por uma cultura geral extensa e variada (ele é capaz de identificar a marca de um tabaco somente pelo seu cheiro e pela cor de suas cinzas). Químico e físico, adora fumar cachimbo e usa frequentemente a cocaína para estimular as suas faculdades intelectuais ou matar o tédio entre um problema e outro (a cocaína só se tornará uma substância proibida em 1930), além de tocar esporadicamente violino. Quando envolvido com algum problema, pode passar noites sem dormir ou comer, o que inquieta o seu amigo Watson. Mestre na arte do disfarce, maneja com habilidade a espada e daria, segundo Watson, um bom pugilista.

    Outra de suas marcas registradas, a frase: “Elementar, meu caro Watson”, foi criada no teatro, com muitas outras particularidades, como o cachimbo curvo do detetive. Muito embora alguns aleguem que se trate de uma das primeiras falas do personagem em seu romance de estréia Um Estudo em Vermelho (1887) [página 29, Martin Claret, 2001], ela não se encontra no original nem em outras traduções do texto. No resto de toda a obra, a frase não torna a acontecer, aí sim tendo sido popularizada pelas adaptações das aventuras.”

  2. Não seno um amante da literatura policial confesso que tenho visto alguns filmes de uma série já antiga da TV sobre este Detective e que me prenderam. Quem sabe se com o tempo não ficarei mesmo um fã absoluto.

  3. Um bom argumento tipo Sherlock Holmes daria uma boa peçazinha de teatro não é verdade ? Por acaso é coisa que não tem aparecido ultimamente nas peças que aparecem cá pelo Algarve. Abraço do Raul

  4. Agatha Cristhie é a minha preferida no policial. Mas seja um ou outro, num bom filme ou livro, é sempre um tempo de entretenimento bem empregue.

  5. Amigos: Devo confessar-vos que passei a gostar de policiais há uns anos atrás pois não era o tipo de filmes que me entusiasmavam. O que é certo é que depois de comprar as séries em DVD
    que estão saíndo regularmente, passei a ser fã. Tanto da Agatha como do Sherlock. Boas Leituras ou bom visionamento de filmes, para todos. Palma

  6. Palma; há poucos dias o Jr. chamou-me para assistir ao novo filme do Sherlock Holmes com o ecran pintadinho de novo e tudo… no princípio comecei a cismar… que raio de S. H. é este… pois é pai, tu estavas era habituado a ver os filmes feitos pelos Ingleses… ele era mesmo assim… seria? Se ainda não o viu, veja, pelo menos eu não adormeci,rsrs. Por aqui a prima saiu à rua de guarda chuva e já pinga… logo, que ganhe o clube dos nossos Jrs., isto é que é desportivismo,rsrs. Inté. L.F.

  7. Luis Furtado: Isso é que é qualidade de vida !!!! rsss. Écran gigante pintadinho de novo hem ?\\ Ainda não vi o filme mas sei qual é.\\ Quanto à chuvinha surgiu esta tarde depois de tantos dias com sol primaveril. Pelo menos para regar a salsa já deu….
    Abraço – Palma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *