Vitorino: Uma grande canção

Vitorino Salome é um dos nossos maiores cantautores.

O seu reportório é de uma qualidade e melodia ímpares.

Pena que as rádios nacionais passem apenas na maioria das vezes , três ou quatro sucessos mais conhecidos, quando o cantor tem um reportório vasto e com canções lindissímas como a que hoje trazemos aqui. Trata-se de “Fado triste”. E para lá de um acompanhamento diferente do que conhecemos no disco, tem também como parceira no refrão, a brasileira Elba Ramalho.

Vai ao sol poente / vai e não voltes / Sem trazer no primeiro raio / Notícias de quem se foi / Numa madrugada amarga e triste / Um navio de proa em riste / Levou tudo o que eu guardei / Na caixa escondida dos afectos / No lembrar dos objectos / Que enfeitavam o meu quarto / Tudo perde a cor a forma o cheiro / Ficaram só coisas esquecidas / Da importância que tiveram / Volto sempre ao rio / Às sextas feiras p’ra lembrar / dias descuidados noites à toa / Espero que o navio sempre queira / Trazer de volta o sussurro / Dos teus passos / Numa rua de Lisboa.

12 comentários a “Vitorino: Uma grande canção

  1. Plenamente de acordo Palma! … Vitorino, igual a si mesmo … figura ímpar da nossa música … mas não das massas … Boa escolha neste sabado ainda um pouco frio … Bom Domingo e um abraço …

  2. Lila: Lá pelas Quarteiras nos anos sessenta quem haveria de imaginar que tanto o Janita como o Vitorino seriam hoje dos melhores cantores portugueses ? Nem eles mesmo sonharam alguma vez. Adivinhar é proibido. O tempo vai-se encarregando… Abraço e um bom domingo. Palma

  3. Luisa : Também achei. Quando encontrei a canção no You tube pensei logo colocá-la aqui. ´Bom fim de semana com algum sol à mistura. Palma

  4. Bom fim de semana Palma. Já tive a oportunidade de ver Vitorino ao vivo. É um artista ímpar da música portuguesa. Simplesmente brilhante! Infelizmente (ou felizmente) a blogosfera anda com melhor gosto que as rádios nacionais. Grande abraço.
    João Martins

  5. Bom gosto.Linda esta canção. Gostaria que a pessoa que tenho ainda no coração e que se encontra algures por estas terras a ouvisse como uma boa recordação.

  6. Então compadre… tal tá a molenga?… ontem falaram dos ratos na SIC… em vez de insecticida vão ser fornecidos aos gatos GPS para ver se os apanham mais depressa,rsrs. \\\ Vai um tinto à saúde do Vitorino… hip hip hurra, tchim tchim… tá feito e não mexe mais, ele bem o merece… é um grande compincha Alentejano… para além da sua arte é amigo do amigo. Já há uns anitos que não o vejo, da última vez que falámos foi numa exposição na S. de Belas Artes, (no tempo em que havia exposições,) pedindo-lhe que fizesse um canté desta letra…

    Os meus olhos vêm os campos
    Transformados em coutadas,
    Diz amor onde estão
    Diz amor ode estão
    Os arados e as enxadas?

    Os arados e as enxadas
    Que tanto deram à terra,
    Verdes campos lindas searas
    Verdes campos lindas searas
    Desde o vale até à serra.

    Desde o vale até à serra
    Verdes campos lindas searas,
    Diz amor onde estão
    Diz amor onde estão
    Os arados e as enxadas?

    Fica-me a sensação que já teria escrito isto uma vez,rsrs… o que vos vale é que, (se não houver nada em contrário), vão deixar de me aturar durante quase um mês… vou pra “ilha”, espero bem que os gatos cumpram bem o seu papel para poder passar umas férias tranquilas,rsrs… ainda passo aí pela terra e deixo aqui uma sugestão… já que falei de ratos… e se nós fosse-mos “gamar” as conquilhas à Lila e fizéssemos uma grande patuscada?rsrs. Um grande abraço para vocês e inté. L.F.

  7. Luis Furtado: Isto hoje está mesmo bom.Chuva não houve e o sol raiou finalmente\ Como poucos noticiários televisivos vejo, não vi os ratos da Sic rsss. Com que então arados, searas e enxadas. Isso cheira-me a canção feita nos tempos de 75. \\ Quanto à Ilha ainda não percebi se é a do Jardim ou se é a da Culatra rss.\\ Esse assalto às conquilhas não é nada mal pensado. E calhavam mesmo bem pois aquele molhinho com o alhito à mistura…. não lhe digo nada nada. Abraço e boa semana. Quando é a vinda ? Palma

  8. Eu sei que Vitorino não gosta de medalhas e faz bem. Mas Santana Lopes que não canta nem toca adora medalhinhas. O Jumento conta como é:
    Para Cavaco Silva agraciar Santana Lopes com uma medalhita não tem quaisquer custos, se ele conseguir renovar o mandato presidencial poucos serão os militantes do PSD que não receberam uma medalha. Mas mesmo assim é surpreendente a atribuição de uma condecoração a Santana Lopes com o argumento do que alguém que foi primeiro-ministro por acidente por alguns meses e deixou a CML arruinada prestou grandes serviços à pátria.

    Com esta medalha Cavaco está a tratar da sua própria vida, pretende apenas contar com um PSD unido no apoio à sua recandidatura. Recorde-se que nas últimas presidenciais Pedro Santana Lopes ainda ameaçou candidatar-se a Presidente da República.

    Cavaco continua a usar os seus poderes para em vez de ser Presidente da República continuar a comportar-se como candidato. É a pior presidência de que há memória em democracia, para não dizer que quer Américo Tomás, quer Carmona foram melhores presidentes do que Cavaco Silva.

  9. Luis e Palma … espero bem que seja um assalto anunciado … não quero ficar de fora … e a umas conquilhas bem temperadas não volto os costados … o Janita continua a ser o mesmo de sempre … sem peneiras … Tempo chato este Palma … não chove nem deixa de chover … Abraço

  10. É um dos cantores meus preferidos. Grande reportório, bela voz, bons músicos. Viva a música popular portuguesa. Maria Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *